Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Tribunal do Júri condena réus pelo assassinato de mãe e filha no Sol Nascente, em Ceilândia



A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Ceilândia obteve a condenação, nesta segunda-feira, 10 de julho, dos três réus acusados de assassinar Ana Maria de Jesus Santos e sua filha, Ana Caroliny Amâncio dos Santos, que tinha três anos na época do crime. Rodrigo Ferreira da Silva foi condenado a 18 anos e 8 meses de reclusão; Sérgio Rolim de Oliveira, a 21 anos; e Wellington de Souza da Silva, a 21 anos e 9 meses. Todos as penas devem ser cumpridas em regime inicialmente fechado.
Os homicídios ocorreram em 30 de abril de 2015. De acordo com a denúncia, os crimes foram cometidos por motivo torpe: vingança por desentendimento no comércio irregular de lotes no Setor Sol Nascente, em Ceilândia. Os réus também usaram recurso que dificultou a defesa das vítimas e empregaram meio cruel, devido ao elevado número de disparos. Os ferimentos causaram grande sofrimento às vítimas, especialmente à menina Ana Caroliny.
Entenda o caso
Sérgio havia encomendado a Rodrigo e Wellington a morte de Ana Maria. No dia do crime, os dois executores foram às proximidades da casa das vítimas. Rodrigo era o motorista. Ao ver Ana Maria passando na rua com a filha no colo, Wellington desceu do veículo, aproximou-se das duas e efetuou os disparos. A mãe morreu no local e a criança foi levada ao Hospital Regional de Ceilândia, onde também morreu.