Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 8 de agosto de 2017

GDF tenta esconder sucateamento da segurança pública com novas viaturas, afirma sindicato



Nesta terça-feira (8) o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, entregou 145 novas viaturas para a Polícia Militar do DF. O que pode parecer um avanço, na verdade passa bem longe do investimento que deveria ser feito na segurança pública, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol-DF).

"Certamente as novas viaturas auxiliarão o trabalho desses policiais militares que trabalham em carros velhos e inapropriados para as suas atividades, mas não é possível achar um avanço diante de um governo que não investe em segurança", denuncia Rodrigo Franco Gaúcho, presidente do Sinpol-DF.

Os veículos custaram cerca de 110 mil reais cada um e substituirão as viaturas mais antigas e paralisadas nos pátios dos batalhões.

"Trocar um carro sem condições de uso por um novo não vai aumentar a sensação de segurança, pois não foram contratados novos policiais militares. Uma reposta inócua para um dos maiores temores da população brasiliense, a violência, segundo pesquisas recentes", afirma Gaúcho.

Segundo o presidente do Sinpol, o governo não conseguirá devolver a sensação de segurança aos brasilienses enquanto não voltar a investir e valorizar os profissionais da segurança pública. "Nunca os policiais foram tão desvalorizados. O desânimo e adoecimento é geral com a falta de reconhecimento e a falta de políticas de recursos humanos, seja na área de recuperação das perdas salariais, seja na atenção à saúde física e mental", pontua.

A Polícia Civil do DF tem uma frota de cerca de 40% de veículos com mais de 10 anos de uso, o que não é recomendável. No entanto, o GDF já suspendeu as licitações da PCDF para aquisição de quase 200 viaturas. "Na PMDF algumas questões andam porque tem uma gestão mais comprometida com os pleitos da categoria. Já na PCDF o que há é uma velada aceitação do sucateamento da polícia investigativa imposto pelo GDF", afirma Rodrigo Franco.

Sinpol-DF – O Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) foi criado em 19 de dezembro de 1988 e, ao longo dessas quase três décadas, firmou-se como a entidade representativa da carreira que integra a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF). Conforme estabelecido no Estatuto Social, o Sinpol-DF atua na coordenação, defesa e representação legal dos agentes de polícia, escrivães, agentes policiais de custódia, peritos criminais, peritos médicos legistas e papiloscopistas policiais.

*Sinpol-DF