Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 30 de setembro de 2017

Mulheres na ditadura: em cartaz no Sesc Ceilândia



“O Mito das Mulheres que Viravam Borboletas” estará em cartaz no Teatro do SESC Ceilândia. Será nos dias 3 e 4 de outubro (terça e quarta-feira), às 20h.

A encenação é do coletivo AGRUPAGU ( Agrupação Teatral Patrícia Galvão), formado por estudantes de Artes Cênicas da Universidade de Brasília, onde o espetáculo estreou em julho de 2016, na mostra interna “ Cometa Cenas “.

As seis atrizes se revezam para contar o drama de mulheres torturadas durante a ditadura militar, traçando um paralelo com os dramas vividos na atualidade, marcada pelo machismo.

“Abrimos espaço e tempo para vozes que por tanto tempo foram caladas, para narrativas que sempre foram silenciadas e que, não só são marcadas por dor e sofrimento, mas também por força, resistência e poesia”, explica a diretora Jemima Bracho.

Além de ter cumprido temporada no Gama, no Festival Estação da Arte, promovido pela Cia Lábios da Lua, a peça acaba de ser selecionada para o V Festival Nacional de Teatro de Araguari, que acontece em outubro.


SERVIÇO

“O Mito das Mulheres que Viravam Borboletas”
Dias: 3 e 4 de outubro
Local: Teatro do Sesc Ceilândia (QNN 27 lote 😎
Hora: 20h
Duração: 50 min
Classificação indicativa: 14 anos
Ingresso: R$ 5,00 (preço único)
FICHA TÉCNICA
Atrizes:
Camila Franco
Cintia Clara
Izabelle Neiva
Luíza Veloso
Martha Suzana
Tainá Cary

Direção: Jemima Bracho
Iluminação: Luisa L'abbate
Projeção: Martha Suzana
Direção Musical: Luíza Veloso
Figurino: Camila Franco e Cintia Clara
Cenografia: Izabelle Neiva
Produção: Thiago Silva

Fotografia: Kacau Machado