"Palhaço" é condenado a 16 anos de cadeia por atear fogo em duas pessoas em Ceilândia


Em julgamento realizado nesta terça-feira, 28/7, o Tribunal do Júri de Ceilândia condenou o acusado, Fabrício da Conceição Silva, malabares conhecido como "palhaço", a 16 anos e 4 meses de reclusão, pelo homicídio de Antônio Batista Cariri e pela tentativa de homicídio de Arismar Rocha Honório.


De acordo com os autos, no dia 16 de outubro de 2013, por volta das 22h, na QNM 4 de Ceilândia Norte/DF, o acusado teria ateado fogo contra as vítimas devido à discussão firmada entre uma delas e o acusado, sobre este último estar atrapalhando jogo de sinuca.
"Palhaço" é condenado a 16 anos de cadeia por atear fogo em duas pessoas em Ceilândia "Palhaço" é condenado a 16 anos de cadeia por atear fogo em duas pessoas em Ceilândia Reviewed by Diário de Ceilândia on terça-feira, julho 28, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados - diariodeceilandia@gmail.com