GDF derruba parte do supermercado Tatico em Ceilândia, após 28 anos


A Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) iniciou nesta quarta-feira (23) a derrubada definitiva do supermercado Tatitico em Ceilândia. O estabelecimento foi construído em área pública e deveria ter sido desativado em 1998, por determinação judicial. O supermercado, no entanto, estava há 28 anos no local.

Em julho, o Tribunal de Justiça do DF derrubou uma liminar que autorizava a permanência do supermercado na área pública. Para atender à decisão, a direção do Tatico se antecipou e começou a retirar as mercadorias desde sábado (19).

O proprietário da rede de supermercados, José Tatico, disse que todos os produtos vão ser levados para as outras oito unidades em Brasília. De acordo com a Agefis, o supermercado já foi multado em R$ 242 mil por invadir área pública. A primeira notificação ocorreu em 2004.


Tatico confirmou que a derrubada da unidade vai afetar os números da empresa. "Essa loja vale R$ 100 milhões", contou, sem revelar o lucro. "O governo, numa crise dessas, está desempregando 500 pessoas. É uma área que vai virar uma cracolândia."
GDF derruba parte do supermercado Tatico em Ceilândia, após 28 anos GDF derruba parte do supermercado Tatico em Ceilândia, após 28 anos Reviewed by Diário de Ceilândia on quarta-feira, setembro 23, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia © Copyright 2010-2018. Tecnologia do Blogger.