Eleitores do DF não sabem local de votação para conselheiros tutelares



A dois dias da votação para conselheiros tutelares, o eleitor interessado em escolher um representante para sua cidade ainda está confuso. O principal problema é descobrir o local de votação. A Secretaria da Criança disponibilizou o canal 156, opção 9, para resolver a questão, mas o atendimento é instável. A reportagem do Correio Braziliense fez o teste ontem pela manhã. Foram 20 minutos ao telefone, em ligações para três órgãos, sem conseguir descobrir o endereço do pleito. A eleição será no domingo, das 9h às 17h.

O telefone 156 é do Governo do Distrito Federal (GDF). Na primeira tentativa, a operadora de telemarketing afirma que não constam do sistema informações sobre a eleição, e orienta a procurar o Conselho Tutelar da região. Ao entrar em contato com o órgão do Guará, os próprios funcionários admitem que as informações sobre as votações não estão claras. “Não sabemos o local de votação.” Após mais um telefonema, a orientação recebida é comparecer a uma das três opções de escolas entre o Guará I e II, pois a pessoa que estiver no local da votação, no domingo, poderá informar com precisão.

Imbróglio antigo

A confusão em torno da eleição começou em julho. O Tribunal de Contas do DF (TCDF) suspendeu o processo para a escolha dos conselheiros no início do mês. A principal questão: a ausência de processo licitatório para a escolha da empresa que realizaria o processo. Além disso, de acordo com o TCDF, o governo não apresentou justificativa para a dispensa de licitação. Também não parcelou o objeto de contratação, o que teria onerado o processo. Para a Corte, aumentar o número de empresas participantes poderia reduzir os custos do trâmite.

Informações Correio Braziliense
Eleitores do DF não sabem local de votação para conselheiros tutelares Eleitores do DF não sabem local de votação para conselheiros tutelares Reviewed by Diário de Ceilândia on sexta-feira, outubro 02, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados - diariodeceilandia@gmail.com