Em nota, PM afirma que não houve excessos contra professores


Em nota, a PMDF afirmou que foi chamada para desobstruir as saídas norte e sul do Eixão, uma das principais vias de entrada e saída do DF e que dá acesso aos principais hospitais da cidade.

Sobre os confrontos com professores grevistas, a PM informou que foram feitas diversas tentativas de negociação. Sem acordo, foi necessário o uso progressivo da força para garantir a liberação da via.

Na nota, a corporação afirmou que não houve excessos por parte da instituição e que os policiais agiram de acordo com o que manda a legislação vigente, respeitam os direitos humanos e a ação tinha como objetivo apenas garantir a vontade da maioria da população, o direito constitucional de ir e vir.

A PMDF ressaltou que o direito de manifestação é legítimo e que respeita essa legitimidade.
Em nota, PM afirma que não houve excessos contra professores Em nota, PM afirma que não houve excessos contra professores Reviewed by Diário de Ceilândia on quinta-feira, outubro 29, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados - diariodeceilandia@gmail.com