Saúde realizará mutirão de cirurgia ortopédica no Hospital Regional de Ceilândia


Um mutirão de ensino com a realização de cirurgias começou a ser realizado em diversos hospitais da rede pública do Distrito Federal. Além de priorizar o atendimento aos pacientes que aguardam por procedimentos agendados, a ação, realizada por médicos preceptores, tem como objetivo secundário orientar a aprendizagem de residentes, que são médicos em especialização, que acompanham todas as etapas das intervenções.

“Os mutirões têm como prioridade atender quem está há mais tempo nas filas, e não podemos deixar de salientar que essas ações estão ocorrendo graças aos atores que se juntaram, entre eles, os anestesistas, residentes e preceptores e supervisores”, destacou o subsecretário de Atenção Primária, Robinson Parpinelle.

Nesta quarta-feira (9), a ação ocorreu no Hospital Materno Infantil (Hmib) e vai até sexta (11), onde mulheres são submetidas à cirurgia de histerectomia, que é a retirada do útero em razão de diagnósticos como miomas e câncer de útero. Também está sendo oferecida a perineoplastia, que é a reconstrução do períneo de quem teve parto normal.

Os mesmos procedimentos foram realizados no domingo (6), em quatro mulheres, no Hospital Regional de Taguatinga, primeira unidade beneficiada com a ação. Na próxima semana, de segunda (14) a sexta-feira (18), serão beneficiados os pacientes da ortopedia do Hospital Regional de Ceilândia.

RESIDÊNCIA - A chefe do Núcleo de Residência, Vanessa Guimarães Campos, destacou que a Secretaria de Saúde do Distrito Federal é uma das maiores instituições formadoras de médicos especialistas do Brasil e possui matriculados 847 médicos residentes e 347 de outras áreas da saúde, como enfermagem, nutrição e odontologia. Os preceptores e supervisores somam mais de 500.

“Os supervisores são os mentores dos residentes, responsáveis pelas atividades teóricas e práticas dos bolsistas de pós-graduação e por supervisionar os programas de residência, que são reconhecidos pelo Ministério da Educação como especialização Padrão Ouro”, destacou a chefe.

Todos os trabalhos são realizados obrigatoriamente sob orientação permanente. Enquanto os supervisores executam os procedimentos, os médicos residentes acompanham.

Os residentes atuam em 10 hospitais da rede: Sobradinho, Paranoá, Asa Norte, Hospital de Base, Ceilândia, Gama, Santa Maria, São Vicente de Paula, além do Materno Infantil e Taguatinga e nos Centros de Saúde e Estratégia de Saúde da Família.
Saúde realizará mutirão de cirurgia ortopédica no Hospital Regional de Ceilândia Saúde realizará mutirão de cirurgia ortopédica no Hospital Regional de Ceilândia Reviewed by Diário de Ceilândia on quinta-feira, dezembro 10, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados