Polícia estoura duas fabricas de cerveja falsificadas


Cerca de 1.700 garrafas de cervejas adulteradas foram apreendidas, em Vicente Pires, durante ação da Delegacia de Combate aos Crimes contra a Propriedade Imaterial (DCPIM). Os policiais descobriram duas fábricas caseiras quando foram apoiar a fiscalização da Secretaria de Fazenda do DF. A ação também contou com o apoio da 38ª DP.


Duas pessoas foram presas com vários apetrechos para a falsificação, como tampas, rótulos, prensas e cola. Elas compravam cerveja de uma marca de valor econômico inferior e trocavam a tampa e rótulo por outros de cervejas mais caras e grande aceitação do consumidor. Assim, obtinham mais lucro.

Segundo a delegacia, além da fraude contra o consumidor, a falsificação atentava contra a saúde pública, vez que acontecia em locais insalubres e as tampinhas reutilizadas eram compradas de catadores de lixo. A arrecadação de tributos também ficava prejudicada porque a venda de cerveja adulterada como original impede que o Estado arrecade em torno de 30 a 40% de diferença de ICMS.

Os presos, um homem e uma mulher, foram autuados no crime de adulteração, falsificação, corrupção ou alteração de substancias ou produtos alimentícios, na modalidade bebidas alcoólicas, com pena de 4 a 8 anos de prisão.

*Informações PCDF
Polícia estoura duas fabricas de cerveja falsificadas Polícia estoura duas fabricas de cerveja falsificadas Reviewed by Diário de Ceilândia on quinta-feira, junho 09, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia © Copyright 2010-2018. Tecnologia do Blogger.