Pai de menina mantida em cárcere privado em Ceilândia procura Conselho Tutelar


[Correio Braziliense] O pai da criança mantida em cárcere privado em Ceilândia foi localizado. O homem, que mora próximo do local onde a filha estava sendo torturada, estava em uma chácara longe da região administrativa quando o crime foi descoberto, na última sexta-feira (5/8). Ele foi até o Hospital Regional de Ceilândia (HRC), onde a menina continua sendo tratada dos quadros de anemia e desnutrição, e entrou em contato com o Conselho Tutelar 1 da região, que está acompanhando o caso. Segundo o pai disse em depoimento, ele não sabia do que estava acontecendo com a filha.


O homem estava há cerca de dois anos sem ver a menina. Segundo a conselheira Selma Aparecida da Costa, ele afirmou que a mãe o proibia de fazer visitas. “Ele disse que nos primeiros dois anos, a mãe deixou. Que pagava pensão, que chegou, inclusive, a aceitar ficar com a menina para que a mãe pudesse trabalhar, mas ela teria voltado atrás. Além disso, não deixou mais ele ver a criança”, conta Selma. O pai e a família materna da criança já manifestaram interesse em ficar com a garota de 7 anos. No fim desta segunda-feira (8/8), foi expedida uma decisão Judicial que suspendeu o poder familiar da mãe. A guarda continuará com o Conselho Tutelar até que a situação seja resolvida.

*Informações Camila Costa / Correio Braziliense
Pai de menina mantida em cárcere privado em Ceilândia procura Conselho Tutelar Pai de menina mantida em cárcere privado em Ceilândia procura Conselho Tutelar Reviewed by Diário de Ceilândia on terça-feira, agosto 09, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia © Copyright 2010-2018. Tecnologia do Blogger.