Policial militar baleado na cabeça durante assalto em Ceilândia morre no HBB


A Polícia Militar do Distrito Federal informou hoje (227) o falecimento do 1º sargento Pedro Gonçalves Pereira Neto, lotado no 10º BPM de Ceilândia. O sargento foi vítima de latrocínio em 04/11/16 durante tentativa de roubo do seu veículo em Ceilândia Norte, se encontrava internado no Hospital de Base de Brasília, faleceu por volta das 4h30 dessa sexta (27/01/17). 

Entenda o caso 

O policial militar Pedro Gonçalves Pereira Neto foi baleado na cabeça e teve o carro levado por bandidos na QNM 06 em Ceilândia Norte, no dia 4 de novembro de 2016. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional de Ceilândia em estado gravíssimo.

O Pálio Vermelho que ele conduzia foi localizado às margens da BR-070, em frente ao Atacadão Dia a Dia, no sentido Águas Lindas (GO). 

Testemunhas informaram à polícia que os bandidos não sabiam que se tratava de um PM. Duas mulheres que passavam pelo local também foram atingidas. A tentativa de latrocínio, roubo seguido de morte, ocorreu próximo a uma área escolar da cidade. 

Um homem de 26 anos e um jovem de 16 anos foram detidos no meio da tarde. O policial atingido trabalha no 10º Batalhão da PM, em Ceilândia. Ele não estava em serviço no momento do crime. O veículo dele foi abandonado próximo a um supermercado.
Policial militar baleado na cabeça durante assalto em Ceilândia morre no HBB Policial militar baleado na cabeça durante assalto em Ceilândia morre no HBB Reviewed by Diário de Ceilândia on sexta-feira, janeiro 27, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia © Copyright 2010-2018. Tecnologia do Blogger.