Investigado na Operação Paiol é preso ao buscar informações em delegacia de Ceilândia


Um homem foi preso na tarde dessa segunda-feira (16/4) acusado de envolvimento com um esquema criminoso de tráfico e venda de armas no Distrito Federal. Francisco Macedônio de Oliveira Gomes, 43 anos, vulgo Bodão, acabou encarcerado após ir até a 23ª Delegacia de Polícia (Ceilândia) saber informações sobre a Operação Paiol, cuja segunda fase foi deflagrada na semana passada pela Polícia Civil do DF.

Segundo o delegado Victor Dan, chefe da 23ª DP, quando chegou à unidade, o homem foi surpreendido por um mandado de prisão em aberto contra ele exatamente por suposta participação no esquema desvendado na operação. Um dos principais alvos da investigação é o ex-militar do Exército Brasileiro e ex-policial militar de Goiás Pedro Henrique Freire de Santana, que já está preso.
A suspeita é de que ele conseguia armas e munição das duas instituições com colegas de farda, até hoje em serviço, e as revendia ou alugava para bandidos. “Bodão”, segundo a 23ª DP, adquiria o armamento de Pedro e repassava a menores envolvidos com roubos em todo o DF. Depois, ficava com parte dos produtos levados nos assaltos. O homem tem 18 passagens passagens por furto,  receptação e roubos.
No âmbito da segunda fase da Paiol, foi preso também na última semana o subtenente da reserva da PM Décio Gonçalves. Na casa dele, em um condomínio localizado na Chácara 241 de Vicente Pires, os policias encontraram 10 mil munições. No local, funcionava uma espécie de loja onde os criminosos compravam o armamento.
Informações Metrópoles 
Investigado na Operação Paiol é preso ao buscar informações em delegacia de Ceilândia Investigado na Operação Paiol é preso ao buscar informações em delegacia de Ceilândia Reviewed by Diário de Ceilândia on terça-feira, abril 17, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados