Metroviários aceitam proposta e greve está suspensa


Apesar de nota divulgada no site do Sindmetrô, de que a greve dos metroviários do DF teria início a partir desta segunda-feira (16/4), a categoria decidiu na noite de hoje cancelar a greve. Em assembleia, por 143 votos a 30, os funcionários aceitaram a proposta do governo. Segundo a categoria, a greve estava aprovada desde semana passada, mas teria que ser ratificada hoje, conforme foi definido na última assembléia, caso o GDF apresentasse alguma proposta. 

Segundo a ata da reunião no último dia 12 de abril, a empresa propôs ganho superior a 13% no benefício do auxílio-alimentação e incremento, entre outros pontos, nas seguintes cláusulas sociais: a criação de uma comissão paritária, em que Metrô-DF e SindMetrô-DF vão manter um canal de comunicação que viabilize a interação dos empregados junto à gestão da empresa; jornada de trabalho especial aos empregados que sejam pais ou responsáveis por pessoas com necessidades especiais, com redução de duas horas diárias; adoção de jornada de 30 horas para pilotos. Sobre o reajuste de 8,41% e retroativo, a empresa informou que a questão foi judicializada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT), entre outras propostas. 
Em comunicado publicado no site do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal (Sindmetrô), os funcionários do Metrô-DF haviam informado que entrariam em greve. Eles reivindicaram condições melhores de trabalho e protestaram “pelo descaso do governo com a categoria, pela falta de negociação e por um metrô público e de qualidade”. Os trens deveriam parar à meia-noite.


Com informações do Correio Braziliense

Metroviários aceitam proposta e greve está suspensa Metroviários aceitam proposta e greve está suspensa Reviewed by Diário de Ceilândia on domingo, abril 15, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia © Copyright 2010-2018. Tecnologia do Blogger.