Cresce busca por cursos online no Brasil



De acordo com os últimos dados do Ministério da Educação (MEC), a Educação a Distância (EAD) atingiu um aumento de 18,6% do total de matrículas nas instituições do Ensino Superior. No ano de 2017, o órgão atualizou a regulamentação da modalidade de cursos online e ampliou a oferta de cursos. Com o processo mais flexível, o número de núcleos da EAD cresceu em 85%.

Possibilitando assim que as instituições de maior qualidade adquirissem o direito de criar mais polos - locais para atender os estudantes dos cursos a distância, mas desde que cumpram com os requisitos estabelecidos pelo MEC como: estrutura com biblioteca, laboratórios e espaço para provas presenciais. Com isso, as possibilidades foram ampliadas para os alunos que moram longe dos grandes centros e contam agora com as facilidades da educação digital.

A modalidade se tornou uma saída para quem deseja fazer um curso superior mas quer flexibilidade nos horários. Muitos estudantes, como a graduanda do curso de Ciências Contábeis, Taiane da Silva, o ensino a distância é uma forma de driblar a rotina intensa. “A possibilidade de poder fazer o meu horário de estudo e conciliar com o trabalho e outras atividades torna o meu dia a dia mais prático”, revela. Taiane ainda contou com apoio das bolsas de estudo do Educa Mais Brasil.

Já Bárbara Almeida, estudante de Pedagogia, que também conta com o auxílio do programa de bolsas de estudo, teve a oportunidade de cursar novamente uma graduação e conciliar os estudos com a maternidade. “A alternativa para buscar um curso EAD foi por uma questão de tempo. Tenho um bebê de dois anos e não teria condição alguma de frequentar um curso presencial. Para mim foi uma ótima saída. À noite, eu consigo revezar entre estudar e cuidar do meu neném”, pontua. 

É bom lembrar que, além de permitir um melhor aproveitamento de tempo e ter valores de mensalidades mais acessíveis, os cursos EAD garantem diploma com o mesmo valor de um diploma de curso presencial. 

Bolsa de estudos EAD

Apesar dos preços mais acessíveis se comparados a um curso presencial, nem todos que desejam uma graduação ou pós-graduação a distância tem condições de pagar o valor integral. A alternativa pode estar nas bolsas de estudo, que beneficiou as graduandas Taiane e Bárbara. O Educa Mais Brasil oferece descontos que podem chegar a 70%. 

Para conseguir o benefício é preciso acessar o site que é parceiro do Diário de Ceilândia, http://www.educamaisbrasil.com.br/diariodeceilandia.  A inscrição é gratuita!

Cresce busca por cursos online no Brasil Cresce busca por cursos online no Brasil Reviewed by Diário de Ceilândia on sexta-feira, maio 25, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados