Passageira denuncia péssimas condições de ônibus da São Jose que roda em Ceilândia


Em denúncia ao deputado Chico Vigilante (PT), uma usuária do sistema de transporte público de passageiros do DF desabafou sobre as condições precárias dos ônibus da empresa São José.
De acordo com a denunciante, desde a última segunda-feira (30/4), o veículo 77.283 da São José não passa por limpeza nem externa e tampouco interna. O carro faz a Linha 314, que parte da QNR, em Ceilândia, com destino à Rodoviária do Plano Piloto.
Segundo o relato da passageira, nesta quinta-feira (3), o ônibus ainda se encontrava imundo. “Ontem e hoje, uma poeira insuportável. Devido à poeira, ontem, uma criança passou mal e até vomitou”, denuncia a passageira.
Ela reclama do descaso com os usuários do sistema de transporte. “Eu mesma, hoje (3), nem conseguia respirar e (ficava) tossindo devido à poeira e a sujeira”, desabafa.
Para Chico Vigilante, essa situação é o retrato do descaso do Governo do Distrito Federal para com o transporte público coletivo do Distrito Federal.
“O resultado disso tudo, é o sofrimento de milhares de pessoas que moram nas satélites e trabalham em Brasília, que são obrigadas a acordar muito cedo, e, ainda por cima, terem que se sujeitar aos riscos impostos pelas condições precárias dos ônibus. O DFTrans deve tomar providencias urgentes e imediatas para sanar essa situação”, cobra.
São José – A região de atuação da empresa São José é a Bacia 5 (Noroeste) e atende ao SIA, SCIA, Vicente Pires, Ceilândia (ao norte da Av. Hélio Prates), Taguatinga (ao norte da QNG 11) e Brazlândia. De acordo com o DFTrans, a empresa circula com uma frota de 576 ônibus.
Fonte: Assessoria deputado Chico Vigilante
Passageira denuncia péssimas condições de ônibus da São Jose que roda em Ceilândia Passageira denuncia péssimas condições de ônibus da São Jose que roda em Ceilândia Reviewed by Diário de Ceilândia on quinta-feira, maio 03, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados