Após 7 anos, réus são condenados por tentativa de homicídio em Ceilândia


O Tribunal do Júri de Ceilândia condenou três homens por tentativa de homicídio duplamente qualificado. O crime ocorreu em 2011, motivado por rivalidade de gangues da cidade. Jhony Wesley Guimarães foi condenado em 12 anos e 2 meses de reclusão, Antônio Maurício Soares Silva em 7 anos e 1 mês e Rodrigo Ferreira Rocha em 8 anos e 3 meses, todos em regime inicial fechado. O julgamento aconteceu na tarde desta quarta-feira, 6 de junho.
Os jurados aceitaram as qualificadoras apresentadas pelo Ministério Público. De acordo com a denúncia, o crime foi cometido por motivo torpe (disputa entre gangues) e com uso de meio que dificultou a defesa da vítima (os disparos foram efetuados de forma repentina em via pública).
A tentativa de homicídio ocorreu em 19 de fevereiro de 2011, na QNP 22 de Ceilândia. Rodrigo dirigia o carro em que Jhony Wesley estava, enquanto Antônio pilotava uma motocicleta. Quando avistaram a vítima, integrante de uma gangue rival, disparam vários tiros contra ele. Apesar de ferido, o rapaz conseguiu fugir e recebeu atendimento médico.
Após 7 anos, réus são condenados por tentativa de homicídio em Ceilândia Após 7 anos, réus são condenados por tentativa de homicídio em Ceilândia Reviewed by Diário de Ceilândia on sexta-feira, junho 08, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados