Servidor da Novacap é preso em Ceilândia por estupro e pedofilia



Um servidor da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), foi preso nesta sexta (10) por estupro de vulnerável e pedofilia. O homem, de 50 anos, foi denunciado pelas sobrinhas, vítimas do abuso.

De acordo com a investigação, ao menos sete pessoas foram abusadas por ele. Em sua residência na Ceilândia, foram encontrado um estúdio onde ele fotografava e filmava as crianças. Segundo a Polícia Civil, o homem pode ter divulgado as imagens para sites no exterior. 

Em frente a casa em que morava, havia uma escola, onde ele pode ter feito novas vítimas. A Polícia Civil segue investigando para ter essa confirmação. 

O homem atraia sua vítimas com doces, brincadeiras e até dizia fazer perfurações de piercing e brincos. Na operação foram apreendidos computadores, câmeras, CDs e uma piscina de plástico.

O servidor irá responder pelos crimes de estupro de vulnerável, com agravante na lei Maria da Pena, e por armazenar e divulgar material com crianças. Por cada ação, ele pode cumprir de 8 a 15 anos de prisão.

Em nota oficial a Novacap informou que ainda não foi notificada pela prisão do servidor, mas que é contra qualquer tipo de violência e irá colaborar com as investigações quando solicitado. (Informações jornal Destak / Imagens PCDF)



Servidor da Novacap é preso em Ceilândia por estupro e pedofilia Servidor da Novacap é preso em Ceilândia por estupro e pedofilia Reviewed by Douglas Protázio on sexta-feira, agosto 10, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados