Câmbio Negro volta aos palcos após 18 anos no festival Elemento em Movimento, em Ceilândia


Câmbio Negro volta aos palcos após 18 anos no festival Elemento em Movimento, em Ceilândia

[Por G1-DF] O Festival Elemento em Movimento chega à 6ª edição, neste fim de semana, com cerca de 40 shows, torneio de basquete de rua, feira, grafite e slackline – tudo de graça.

O evento começa às 13h, no sábado (20) e no domingo (21), na Praça do Trabalhador, em Ceilândia.

Entre as atrações, estão Câmbio Negro, Viela 17, Rebeca Realleza, Lídia Dallet, Nauí, Donas da Rima, Ponto de Equilíbrio e os baianos ÀTTØØXXÁ e Baco Exu do Blues.

Nas picapes, se apresentam Savana, Ketlen, Palito e DJ Itin do Brasil com show do Bonde do Quadradinho.

"Minha prioridade é o rap, mas dou uma passeada pela música preta: soul, disco, funk e outros grooves fundamentais. Não consigo negar um dancehall também não", disse DJ Savana ao G1.

Câmbio Negro de volta em Ceilândia


O grupo ceilandese de rap Câmbio Negro retoma as atividades, encerradas em 2000, com a volta do vocalista X e uma nova formação. A última vez que o grupo se apresentou na região foi em 1997.

"Eu faço parte do movimento hip-hop desde 1983, tem 35 anos que eu tô nisso, tenho 50 anos de idade", disse o rapper X ao G1. "Não tinha intenção de voltar, estava triste com o rap e precisei desses 18 anos de tratamento da cabeça e da alma para poder voltar a me apaixonar pelo rap."

Com as letras críticas de sempre e a incorporação de novas tecnologias, X promete um "show de peso" no domingo. "Hoje, temos acesso a recursos que não tínhamos na época. A banda vai ser a nossa, mas o som que vai sair é a pancada do eletrônico."

As informações são do G1-DF


Câmbio Negro volta aos palcos após 18 anos no festival Elemento em Movimento, em Ceilândia Câmbio Negro volta aos palcos após 18 anos no festival Elemento em Movimento, em Ceilândia Reviewed by Douglas Protázio on sábado, outubro 20, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados