Gari é humilhada e discriminada enquanto realizava varrição na Ceilândia

Gari é humilhada e discriminada enquanto realizava varrição na Ceilândia

Nessa quinta–feira (01/11), a gari Aldeneide Braga foi absurdamente humilhada e desrespeitada por uma moradora enquanto fazia seu trecho em uma quadra de Ceilândia Norte. De acordo com as regras não é permitido aos garis fazer a varrição das calçadas o que gerou indignação na moradora.
“Ela varreu a porta dela e jogou o lixo no local onde eu já havia varrido, depois me xingou de preguiçosa, folgada e disse que eu não estaria fazendo mais do que minha obrigação” relatou Aldeneide que enviou para o Sindlurb um vídeo comprovando o fato. A moradora que estava junto com um rapaz também tentou agredi-la com um pedaço de madeira porém ao perceber que estava sendo filmada recuou.
Foi aberto boletim de ocorrência na polícia militar contra a atitude da moradora e a tentativa de agressão. O Sindlurb irá acompanhar a gari para prestar a ela toda a assistência jurídica necessária para o andamento do caso. 
“Esse é um caso que não pode ficar impune, o sindicato repudia todo e qualquer preconceito contra a categoria assim como qualquer tipo de agressão. Essa é uma profissão que merece respeito como qualquer outra, os moradores tem que ter consciência que esse é um trabalho fundamental para a população e os garis merecem e devem ser bem tratados. Iremos acompanhar o caso para garantir que a justiça seja feita” afirmou José Claudio presidente do Sindlurb DF.



“Eu só estava fazendo meu trabalho da melhor forma possível, não é justo que eu seja xingada e humilhada da maneira que fui” afirmou Aldeneide. A gari estava acompanhada de outra varredora e possui testemunhas que podem comprovar o caso.
Gari é humilhada e discriminada enquanto realizava varrição na Ceilândia Gari é humilhada e discriminada enquanto realizava varrição na Ceilândia Reviewed by Douglas Protázio on quinta-feira, novembro 01, 2018 Rating: 5

15 comentários

  1. Uma pessoa sem escrúpulo que está melhor é. Como pode alguém ter prazer em humilhar a quem está desenvolvendo um trabalhando tão importante para a sociedade como está profissional da limpeza estava fazendo?

    ResponderExcluir
  2. Isso mesmo bota pra lascar em cima dessas pessoas, intolerantes que gostam de insultar mais não aceitam ser insultada.Respeito é bom e cabe em qualquer lugar.

    ResponderExcluir
  3. Tem tres dias um gari passou na avenida entre 14/18 do Psul e não catava bosta de cachorro aonde tinha umas três bem perto ai eu perguntei ser ele não podia catar coco ele com sacasmo falou que não(tiver que catar mesmo não tendo cachorro pra não prejudica o próximo) mesmo eu pagando taxa de limpeza urbana nada justifica fica descontrolada mais só saber quem passa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me desculpe, mas coco de cachorro não é mesmo obrigação de varredor limpar, quem não tem vergonha e o dono do cachorro, vc mesmo pagando sua taxa de limpeza urbana, vc não manda em ninguém principalmente uma pessoa q tá com uma roupa extremamente quente de baixo do sol e que recebe . Muito mal pra isso, mas precisa do trabalho, ta ai limpandolixo de pessoas sem educação que pensa da mesma forma q vc pago taxa de limpeza... tenha maisbrespeito ao gari e um varredor, e sobre o vídeo olha a cara dessa mher que agride a varredora, parece está bêbada..

      Excluir
    2. Concordo plenamente com vc Carlos,esse é um serviço digno como qualquer e eles merecem nosso total respeito.

      Excluir
    3. Fazer isso seria eximir os donos dos animais de responsabilidades...

      Excluir
    4. Plenamente de acordo com relação às fezes dos cães depositadas nas calçadas. Com certeza o profissional da limpeza urbana não tem obrigação. Quem tem seus cães que se responsabilizem por seus atos. Quem pensa o contrário, acaso acha que se o proprietario sai com seu cão para dá uma voltas pelo parque, tem que levar um gari junto para ir catando as fezes que ele deixar pelo caminho?.

      Excluir
  4. Espero q seja feita justiça pq o ser humano em geral tem q aprender a respeitar uns aos outros,olha as palavras q esse homem se refere a esta gari nossa ,isso me deixa inojada.

    ResponderExcluir
  5. Quero ver se fosse os donos da casa no lugar moça que não tem onde de beber uma água gelada onde almoçar direito q pra fazer uma refeição fica na sombra das casas mas está ali porque tem família e contas pra pagar. Esse casal é um lixo podre .

    ResponderExcluir
  6. pois vamo jogar um monte de lixo na casa dessa mulher

    ResponderExcluir
  7. Eu só quero que justicj seja feita, principalmente para o himho que falou aquelas merdas para a mulher.

    ResponderExcluir
  8. Eu quero so ver as cidades sem os pessoal da limpeza, kkkkkkk.

    ResponderExcluir
  9. Rapaz o marido dessa loira tbm e um safado discarado cabra sem vergonha respeito a mulher q acorda cedo pra varrer o lixo dad portas ela nao merece oucio desaforos de vcs nao folgado sao vcs seus inuteis vcs sao os licos da socisoci pessoas com essa atitude nao tem vez

    ResponderExcluir

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2018 - Todos os direitos reservados