Detentos reforçam time do SOS DF em Ceilândia

Detentos reforçam time do SOS DF em Ceilândia

Para auxiliar nos serviços gerais e dar uma cara nova às regiões administrativas, cerca de 45 presidiários, que cumprem regime semiaberto, estão nas ruas de Ceilândia Norte, Jardim Botânico e Samambaia desentupindo bueiros, limpando paradas de ônibus e praças e recolhendo entulhos.

A ação faz parte do convênio do Governo do Distrito Federal com a Fundação de Amparo ao Trabalhador Preso (Funap) e o projeto Mãos Dadas. O objetivo é a reinserção social dos presidiários da Papuda e, junto a isso, trazer benefícios à capital.

“Com o intuito de ampliar o SOS DF, o governador Ibaneis Rocha solicitou à Funap a utilização da mão de obra dos presidiários. E nós atendemos prontamente o seu pedido”, disse a presidente da fundação, Deuzelita Pereira Martins.

O projeto conta com o apoio da Sesipe (Subsecretaria do Sistema Penitenciário), responsável pela escolta dos reclusos; da Novacap, que fornece o equipamento de trabalho; e do Corpo de Bombeiros, que realiza o transporte.

De acordo com o gerente de Administração Penitenciária, Willian Pereira Monteiro, o programa representa uma economia significativa para os cofres do GDF. Isso porque o interno não é recompensado financeiramente por este trabalho. “Ele ganha o benefício da redução de sua condenação. A cada três dias trabalhados o detento tem um dia a menos de prisão”, explica.



“Para mim é bom, pois eu estou diminuindo a minha pena e ajudando a cidade. Não vai ter mais enchente quando chover. Não estou ajudando só a mim, estou ajudando a sociedade. A gente trabalha, se distrai e ainda tenho remissão da pena”, afirma um dos detentos que integra o SOS DF.

Agência Brasília


Detentos reforçam time do SOS DF em Ceilândia Detentos reforçam time do SOS DF em Ceilândia Reviewed by Diário de Ceilândia on quarta-feira, janeiro 16, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Portal de Notícias de Ceilândia © Copyright 2019 - Todos os direitos reservados