Projeto de humanização promove mesversário na UTI neonatal do Hospital Regional de Ceilândia

Projeto de humanização promove mesversário na UTI neonatal do Hospital Regional de Ceilândia

Mais uma iniciativa foi criada para aumentar a esperança de recuperação dos bebês internados na UTI Neonatal do Hospital Regional de Ceilândia (HRC): o projeto Mesversário. A ação, que também contribui para a humanização do atendimento, consiste em comemorar cada mês de vida do bebê com bolos de EVA higienizáveis com diversos temas.

A terapeuta ocupacional que idealizou o projeto, Hellen Delchova, explica que a iniciativa veio para acompanhar a tradição que muitas mães passaram a adotar para celebrar os primeiros meses de vida dos filhos.

“Cada dia significa muito para as mães que lutam pela vida de seus bebês internados em um leito de UTI. Além disso, comemorar o mesversário é uma forma de distração para elas, que dedicam muitas horas do dia para seus filhos internados”, disse.

Os bolos de EVA, assim como a decoração, foram doados por uma voluntária. Entre os temas para meninos e meninas estão fundo do mar, ursinho, bailarina, superman, jardim, príncipe e fazendinha. “Os temas são diversificados, porque muitos deles ficam internados por até cinco meses, quase a metade do primeiro ano de vida”, ressaltou a profissional.

Projeto de humanização promove mesversário na UTI neonatal do Hospital Regional de Ceilândia


Até agora, quatro crianças comemoraram o mesversário na UTI. Entre elas, está Alice Alves, que nasceu com apenas 1.230 gramas. “É uma superação comemorar o aniversário da minha filha. É muito difícil porque, a cada dia, vivemos uma história diferente”, disse a mãe da menina, Gleice Alves, 34 anos.

Emocionada, Gleice vestiu Alice com uma calcinha rendada e um diadema vermelho. “O tema do bolo foi bailarina, porque minha outra filha, que está em casa, faz balé na escolinha, por isso, escolhi esse tema”, contou.

Bianca Ferreira, 24 anos, mãe de Cristian Samuel Ferreira dos Santos, conta que o seu bebê nasceu prematuro, com 26 semanas, 1.055 gramas.

“Ele está entubado porque ainda está com problemas, mas acordei com uma felicidade imensa quando meu filho completou um mês. A expectativa dos médicos era de que ele não resistisse e, hoje, saber que ele está bem e se recuperando é uma vitória”, ressaltou, ao dizer que o tema escolhido foi o superman, que representa a força do seu bebê.



INICIATIVA – A UTI Neonatal de Ceilândia, que conta com 34 leitos, é referência em iniciativas com foco na humanização do atendimento. Entre elas estão Octo – um polvo de amor, que promove a entrega de polvos de crochê para bebês internados; a Visita dos irmãos, que oportuniza aos irmãos dos bebês fazerem visitas; e Ofurôterapia, em que os bebês tomam banhos relaxantes em balde apropriados para a terapia.

Ascom Secretaria de Saúde do DF
Projeto de humanização promove mesversário na UTI neonatal do Hospital Regional de Ceilândia Projeto de humanização promove mesversário na UTI neonatal do Hospital Regional de Ceilândia Reviewed by Diário de Ceilândia on quarta-feira, janeiro 16, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Jornal Comunitário de Ceilândia © Copyright 2019 - Todos os direitos reservados