GDF realiza mutirão para zerar fila do passe livre para pessoas com deficiência



A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) juntamente com a Secretaria de Estado de Saúde iniciarão uma força tarefa nesta terça-feira (19/02), na Estação do Metrô da 112 Sul. O objetivo é concluir os 18.951 processos, que se encontram pendentes de análise para concessão do passe livre para pessoas com deficiência. A iniciativa terá duração de 30 dias.

Para a ação, sete médicos trabalharão de 9h às 17h avaliando e emitindo os laudos necessários para concluir os processos. Cinco deles, da Secretaria de Saúde. “Fizemos uma parceria para agilizarmos o processo. Para nós isto é fundamental e, por isto, estamos tratando como prioridade”, avaliou o secretário da Sejus, Gustavo Rocha.

Com o reforço e apoio da Secretaria de Saúde, a produção e conclusão dos processos vai dobrar. Atualmente, a Sejus produz 400 laudos semanais. Agora, serão mais 455, totalizando 855 laudos por semana. De acordo com o subsecretário de Direitos Humanos, Juvenal Araújo, “com esse mutirão será possível o atendimento de 3.412 pessoas com pendência de avaliação médica, 10.313 pessoas com pendências de documentos e 5.102 pessoas com pendências de laudos médicos”.

Após 1 mês de ação da força-tarefa, e a conclusão de todos os processos, a equipe desenvolverá protocolo específico para definição dos critérios de inclusão e exclusão da concessão do passe-livre especial.

O referido protocolo obedecerá à literatura médica para enquadramento da deficiência e as legislações vigentes, sendo ainda, aberta a consulta pública para contribuição de especialistas e da sociedade.

*Com Informações da Ascom Sejus


GDF realiza mutirão para zerar fila do passe livre para pessoas com deficiência GDF realiza mutirão para zerar fila do passe livre para pessoas com deficiência Reviewed by Diário de Ceilândia on terça-feira, fevereiro 19, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Jornal Comunitário de Ceilândia © Copyright 2019 - Todos os direitos reservados