Ministério inaugura a primeira unidade do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável nesta sexta-feira (29), em Ceilândia


Ministério inaugura a primeira unidade do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável nesta sexta-feira (29), em Ceilândia

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), e o Governo do Distrito Federal (GDF) inauguram na próxima sexta-feira (29) a primeira unidade do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável. O evento será realizado no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) de Ceilândia.

A primeira unidade do Programa receberá a doação de oito computadores, oito webcams, projetor de imagem e impressora. A iniciativa é da SNDPI.

O objetivo é ser referência no processo de otimização de oportunidades para inclusão digital e social da pessoa idosa, além de potencializar as habilidades, contribuindo para a preservação da autonomia e do protagonismo das pessoas com 60 anos ou mais.

Antes mesmo de completar 100 dias do novo governo, o secretário Antônio Costa comemora a conquista. “O Programa persegue a promoção do direito ao envelhecimento ativo e saudável, mediante ações que preservem a dignidade, promovam o enfrentamento à violência, assegurem a valorização da pessoa idosa perante a sociedade”, afirma.

Parceria
Em Brasília, o Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável constitui-se de uma parceria entre a SNDPI/MMFDH, a Secretaria de Justiça do Governo do Distrito Federal (SJ/DF), a Central Judicial do Idoso do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (CJI/TJDFT) e o Programa Universidade do Envelhecer da Universidade de Brasília (UniSER/UnB).

A Comunidade
Ceilândia foi a cidade-satélite escolhida por ser a região do Distrito Federal com maior número de registros de violência contra as pessoas idosas, respondendo por aproximadamente 17% dos casos, conforme dados do Mapa da Violência contra a Pessoa Idosa no Distrito Federal (2011-2016).

Inscrições
As pessoas idosas, suas famílias e toda a comunidade podem participar do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável. A maior parte dos cursos são direcionados às pessoas idosas, mas o Programa prevê outras atividades com a participação da família e das outras gerações.

As inscrições podem ser feitas a partir da próxima sexta-feira (29), no Centro de Artes e Esportes Unificados.

Capacitação
O Programa disponibiliza cursos para a inclusão tecnológica, prevenção à saúde, educação financeira, direitos humanos e promoção da mobilidade física e mental, além de outras atividades.

Próximas inaugurações
No mês de abril estão previstas mais quatro inaugurações do Programa: em Balneário Camboriú/SC, Betim/MG, Formiga/MG e Parnamirim/RN.

Serviço

Evento: Primeira inauguração do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável
Data: 29 de março (sexta-feira)
Horário: 11h
Local: Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) de Ceilândia/DF (QNR 02, Ceilândia Norte, Brasília/DF)

Imagem reprodução web


Ministério inaugura a primeira unidade do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável nesta sexta-feira (29), em Ceilândia Ministério inaugura a primeira unidade do Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável nesta sexta-feira (29), em Ceilândia Reviewed by Diário de Ceilândia on terça-feira, março 26, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Slider

[recent]

Anuncios!

Diário de Ceilândia - O Jornal Comunitário de Ceilândia © Copyright 2019 - Todos os direitos reservados