Brasileiros estão adotando Dieta Intuitiva

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
A alimentação intuitiva está se tornando tendência no Brasil, como forma de substituir algumas das dietas que estavam marcando tendência. Conheça essa nova forma de alimentação que está fazendo sucesso.

Um dos grandes desejos das pessoas do século XXI é conquistar aquele corpo sarado que encontramos nos anúncios. Ainda assim, essa preocupação com o aspeto físico é feito, em nossos dias, com uma outra: o de manter um corpo que seja também saudável.
Muitas dietas têm surgido ao longo dos anos e gerado tendência. Algumas delas, como a dieta japonesa ou a dieta do jejum são bem restritivas. Outras, partem de celebridades, como a tendencia Sirtfood, iniciada por Adele. E existem ainda aquelas que geram até aplicativos, como a dieta da startup DNANuge.


As soluções para a perda de peso são cada vez mais procuradas no Brasil mas, no momento, existe um tipo de alimentação – a dieta intuitiva – que está se tornando uma tendência alternativa às formas das mais convencionais dietas que já conhecíamos.
Se você se interessa por essa temática, veja mais sobre a alimentação intuitiva abaixo.

Alimentação intuitiva: o que é?


A dieta intuitiva começa por não se apresentar como uma verdadeira dieta, já que não restringe a alimentação. O principio desse tipo de alimentação é partir da consciência de quem a pratica, propondo uma postura mais positiva face à comida e ao reflexo do espelho. A proposta dessa forma alimentar é que você apenas coma quando sente fome e recuse comida quando sente somente “desejo de comer”. Muitas pessoas acabam comendo demasiado por terem alguma dificuldade a estabelecer a diferença entre esses importantes conceitos.

Compreender a origem da fome


Aquilo a que você chama fome nem sempre o é realmente. Muitas vezes, o nosso corpo pede comida como forma de suprimir uma forma de cansaço ou de esgotamento emocional ou para compensar algum tipo de emoção negativa. Algumas doenças, como a ansiedade e a depressão, podem gerar uma maior tendência para que sinta essa necessidade de comer quando não tem verdadeiramente fome, já que geram aquilo que os especialistas chamam de compulsão alimentar. Ao buscar o conhecimento de você mesmo e de seu corpo, será mais simples compreender se o que sente é realmente fome ou uma emoção, para evitar comer em demasia.

Quais são os passos dessa alimentação intuitiva?


Para você seguir a alimentação intuitiva, o primeiro passo é que não pense nela como uma dieta e que não olhe os alimentos como seus inimigos, percebendo que a comida é necessária para a vida e sua saúde. Deverá pensar verdadeiramente sobre suas sensações e sentimentos e avaliar se está sentindo fome ou vontade de comer. Da mesma forma, você deve comer devagar e parar quando se sentir saciado e não quando seu prato estiver vazio. Os especialistas recomendam que tente retirar prazer dos alimentos que ingere e que faça isso a par com alguma atividade física, recordando que esas são as bases do sucesso para você poder ter um corpo bonito e saudável.

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: