Casal suspeito de matar os próprios filhos é preso em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Casal suspeito de matar os próprios filhos é preso em Ceilândia

Agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), prenderam, na manhã de domingo (24/3), em Ceilândia, um casal suspeito de matar dois filhos e atentar contra a vida de outros dois. Segundo a PCDF, o homem, de 27 anos, e a mulher, de 34, faziam aplicações indevidas de insulina nas crianças para tentar arrecadar dinheiro com campanhas emotivas nas redes sociais.


Os dois estavam foragidos desde fevereiro, após decretação da prisão preventiva deles, e respondem por dois homicídios consumados e mais dois homicídios tentados contra quatro crianças, todas filhas do casal.

Em 2017, o caçula do casal, de apenas 2 meses, morreu após sofrer complicações no pâncreas em função da quantidade de insulina recebida. Ele chegou a ser levado com vida ao Hospital Universitário de Brasília (HUB), mas não resistiu.


A equipe médica do HUB suspeitou da manipulação irregular de insulina e chamou a polícia. A mãe do bebê é acusada de injetar o medicamento e provocar a doença; e o pai, que é farmacêutico, de fornecer a substância. Ambos negam o crime.

Os filhos foram afastados e estão, atualmente, em um abrigo, sob proteção da Justiça.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: