Começar a graduação sem a nota do Enem é possível com a bolsa de estudo

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Começar a graduação sem a nota do Enem é possível com a bolsa de estudo

Previsto para ser divulgado em 18 de janeiro de 2019, o resultado doEnem 2018 deixa os
participantes desta edição do Exame Nacional do Ensino Médio ansiosos. Se, por
um lado, o desempenho individual abre portas para pelo menos três programas de
acesso ao ensino superior – o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), o Programa
Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies)
-, por outro, é sempre importante considerar todas as possibilidades e traçar
planos alternativos.

Uma das possibilidades é não alcançar a nota do Enem necessária
para ser aprovado nos programas citados. Outra é o estudante não ter feito a
inscrição no exame e, consequentemente, não ter nota para concorrer às vagas. Em
ambos os casos, é possível contratar a bolsa de estudo do
Educa Mais Brasil,
que fornece até 70% de desconto na mensalidade.

Somente para o primeiro semestre de 2019, são ofertadas mais de
400 mil bolsas para o ensino superior. A contratação pode ocorrer para
municípios das regiões Centro-Oeste,Nordeste, Norte, Sudeste e Sul do país. O
período de contratação para 2019.1 já está aberto, com oportunidades variadas
em termos de percentual de desconto, modalidade de ensino (presencial ou EAD) e
localização das instituições de ensino parceiras.

SiSU 2019

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) abre inscrições entre os dias
22 e 25 de janeiro de 2019. Ofertam vagas nesta edição 130 Instituições de
Ensino Superior (IES) da rede privada de ensino. Saiba
mais sobre o SiSU 2019.

Prouni 2019

O Prouni disponibiliza bolsa de estudo de caráter parcial (50%) e
integral (100%). O edital do Prouni 2019
já foi divulgado e prevê inscrições entre 29 de janeiro e 1º de fevereiro de
2019. Saiba
mais sobre o Prouni.

Fies 2019

O Novo Fies foi anunciado no último ano e inclui as modalidades
P-Fies, onde o financiamento é concedido com juros por instituições financeiras;
e Fies, ofertado a juros zero pelo Governo Federal. O Fies 2019prevê a oferta de 100 mil vagas a partir de R$ 500 milhões
provenientes do orçamento do Ministério da Educação (MEC).

Bolsas do
Educa Mais Brasil

Considerando todas as bolsas de estudo ofertadas pelo Educa, são
mais de 700 mil oportunidades em todos os níveis de ensino. É possível obter
descontos para a educação básica, cursos técnicos, cursos de idiomas,
pós-graduações, Educação de Jovens e Adultos (
EJA), entre
outros. Saiba mais no site
www.educamaisbrasil.com.br.

*Esse artigo é um publieditorial

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: