Comece a sua Faculdade em 2019 pagando menos

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp


[Artigo Patrocinado] Final de ano chegando, muitos já
começam a alinhar as metas do ano que está por chegar. Principalmente, na área
financeira. Sejam planos para comprar um carro, uma casa própria, e também, o
de investir na educação. Muitos estão deixando ou adiando o sonho de ingressar
na faculdade por um fator muito importante: a dificuldade financeira para
encaixar a mensalidade no já apertado orçamento familiar.   

Separamos aqui algumas dicas para
você conseguir começar o ano de 2019 cursando uma
faculdade. Vale lembrar que o ingresso no Ensino
Superior pode ser feito por meio dos vestibulares tradicionais, pelos programas
do governo (Sisu,
Prouni e Fies) ou por iniciativas de inclusão
educacional, a exemplo do Educa Mais
Brasil.

A economia pode chegar a 70%. Na cidade de São Paulo, existem
disponíveis bolsas de estudo para o
curso de
Direito, na modalidade presencial
cujas mensalidades caem de R$ 1.542 para R$ 731. Na área da
Comunicação com habilitação em Jornalismo, as mensalidades sem as
bolsas de estudo custam, em média, R$ 737,78. Já com o desconto passaria a
custar somente R$ 368,89. Ou seja, ambos com uma economia de 50%, um desconto bastante
significativo.  

As
bolsas de estudo são cada vez mais procuradas por proporcionar novas
oportunidades para aqueles que não têm condições de arcar com a mensalidade
integral. Foi assim que Sarah Lelis Strauch, graduanda em bacharelado de
Ciências Biológicas, conseguiu
ingressar em uma instituição particular do Ensino Superior. “Entrar na
faculdade por meio de descontos da bolsa de estudo foi muito importante, a
princípio eu não poderia. Encontrar um programa como esse foi muito bom. Sinto-me
privilegiada. Já indiquei também para vários amigos, inclusive para uma amiga
que veio do Japão e também não tinha como ingressar sem esse desconto”.

Saiba a
diferença entre Prouni, Fies e bolsas de estudo

Prouni
Programa
do Governo Federal que oferece bolsas de estudo integrais e parciais em universidades
particulares. Para conseguir o benefício é preciso atender a algumas
exigências. Os candidatos devem ter uma renda familiar de até três salários
mínimos e, ao ser contemplado com uma bolsa, devem comprovar junto à
instituição de ensino as informações sobre renda familiar e histórico escolar.
Vale ressaltar que quem conseguir uma bolsa parcial (50%) terá que pagar a
outra metade do valor do curso à faculdade.

FIES
É também um auxílio do
Governo Federal que funciona como um financiamento estudantil para permitir o
ingresso em faculdades particulares. A taxa de juros é de 6,5% ao
ano para todos os cursos e o programa oferece financiamentos de até 100%.
Durante o curso, o estudante irá pagar, a cada três meses, uma taxa de R$ 150
referente aos juros. Ao concluir a faculdade, continuará pagando essa taxa em
um período de mais um ano e meio e, posteriormente, irá quitar o saldo devedor.
Bolsas de Estudo
pelo Educa Mais Brasil
Um
dos programas de iniciativa privada que oferta bolsa de estudo é o
Educa Mais Brasil. Em parceria com milhares de faculdades, centros
universitários e universidades, o projeto oferece descontos que podem chegar a
70% para cursos de graduação. Então,
por que não começar agora mesmo sua faculdade com
bolsas de estudo pelo Educa Mais Brasil? Você pode ingressar já em 2019 e
começar o ano com o pé direito. Entre os cursos estão
Medicina Veterinária, Direito, Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição, Arquitetura e Urbanismo e Serviço Social. Acesse
o site parceiro do programa:
http://www.educamaisbrasil.com.br/diariodecelandia. 
Vanessa Casaes – Ascom Educa Mais Brasil

Veja mais:

LEIA TAMBÉM -   Cotidiano das crianças é ponto de partida para a escrita de livros infantis

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: