Confira 5 temas de atualidade que podem cair no Enem

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
O
Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece nos dias 04 e 11 de novembro, ou
seja, falta pouco mais de um mês para a aplicação da primeira prova que
abrange: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Redação e Ciências Humanas e
suas Tecnologias. E, neste clima de reta final para o Enem 2018, é muito
importante que os candidatos já estejam se preparando. Mas, além de estudar os
conteúdos curriculares, é essencial acompanhar também os principais temas da
atualidade.

Em
ano de eleições e tantos acontecimentos, muitos são os temas que podem cair na
prova de redação. E, embora não dê para prevê-los, é bom sempre ficar de olho
nos noticiários. Alguns assuntos em discussão na sociedade costumam render
perguntas específicas ou até mesmo nortear a temática da redação.

Não
se sabe ao certo quando a prova é fechada, mas estima-se que seja entre maio e
junho. Por esse motivo, assuntos tão atuais não são tão comuns, já que as
questões do exame são escolhidas com meses de antecedência. Mas isso não
significa que a leitura constante não seja importante. Só mostra que assuntos
que estão sendo comentados há um algum tempo também pode ser considerados como
atuais.

Rebeca
Costa, 19 anos, está fazendo o curso de Pedagogia
na Unijorge,
mas se inscreveu no Enem para testar os seus conhecimentos e tentar ingressar
no curso de História
em uma universidade pública. Por conta dessa vontade, Rebeca busca manter-se
atualizada através da internet. “Eu não tenho muito tempo por conta da minha
rotina, mas sempre que posso, fico lendo algumas notícias na internet”,
pontuou.

Todo
mundo sabe que, com uma rotina intensa e tanta matéria para estudar, nem sempre
sobra tempo para acompanhar o noticiário. Então, confira agora cinco possíveis
temas de atualidades que podem cair no Enem:

1.     
Fake News –
As notícias falsas são motivo de preocupação em vários países, pois interfere
negativamente em áreas como política, economia,
saúde, segurança e educação. No Brasil, grupos políticos como o Movimento
Brasil Livre (MBL) já foram acusados por disseminar conteúdo mentiroso e
tiveram páginas deletadas na rede social. A maior possibilidade do tema ser
cobrado no Enem é por meio da redação, exigindo do participante uma proposta
para combater as fake News no Brasil.

2.     
Greve dos
caminhoneiros – A greve parou o Brasil em maio. Os protestos evidenciaram a
dependência do país pelo transporte de cargas por rodovias e uso de
combustíveis fósseis.
Diante deste cenário, é bem provável que o assunto apareça no Enem,
cobrando dos estudantes conhecimento sobre os motivos que levaram o país a esta
situação.

3.     
Epidemias – Algumas doenças que estavam erradicadas retornaram, entre
elas o sarampo, poliomielite, rubéola e difteria. Além disso, o surto de
sarampo em Roraima tem relação direta com a imigração de venezuelanos. Mesmo
diante desse cenário, motivadas por Fake News, pessoas estão escolhendo não
tomar vacinas. Os participantes do Enem podem ser cobrados sobre a origem
dessas doenças, sintomas, vacinas e formas de tratamento.

4.     
Crise na Venezuela – Embora a crise econômica, política e humanitária do
país enteja sendo noticiada com mais frequência no segundo semestre 2018, por
causa do refugiados em Roraima, a situação da Venezuela é complicada desde
2013.

5.     
Refugiados e imigrantes – A onda de refugiados e imigrante não acontece
só no Brasil. A Europa encara essa realidade há alguns anos, em razão das
guerras e terrorismo no Oriente Médio e África. O caso mais grave é o da Síria,
onde boa parte da população fugiu do país por causa de uma guerra civil que já
dura sete anos.

Se,
como Rebeca, o seu desejo é cursar uma graduação
por meio de programas de governo como o Fies, Prouni e
o Sisu,
fazer o Enem é essencial. Caso você não consiga ser contemplado por um desses
programas, o Educa Mais Brasil pode ajudar você a realizar o sonho de ingressar
em uma faculdade. O programa educacional oferta bolsas de estudo de até 70%.
Acesse o site do Educa Mais
e confira todas as oportunidades disponíveis na sua região.

Fonte:
Bárbara Maria – Ascom Educa Mais Brasil

*Esse artigo é um publieditorial 

Veja mais:

LEIA TAMBÉM -   IF Goiano divulga edital para intercâmbio docente em Portugal

Deixe uma resposta

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: