Enem nota 10: Confira as dez dúvidas mais frequentes sobre o exame

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Enem nota 10: Confira as dez dúvidas mais frequentes sobre o exame


Falta menos de uma semana
para a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio (
Enem) que, nesta
edição, conta com a participação de mais de 5,5 milhões de escritos. O Enem é a
segunda maior prova de acesso ao
ensino superior no mundo e, atualmente, é o exame que seleciona os
estudantes para 240 mil vagas em 130 instituições públicas brasileiras, além de
particulares de outros países, como Portugal.

Para quem pretende concorrer a
uma vaga no ensino superior gratuito, o Sistema de Seleção Unificada (
Sisu) é a
principal forma de ingresso. Para os estudantes interessados em instituições
particulares, o Programa Universidade para Todos (
Prouni) oferece
bolsas de estudo integrais e parciais para alunos com pelo menos 450 pontos na
média das notas, que não tenham zerado a redação. E há ainda o Fundo de
Financiamento Estudantil (
Fies), que cobra
a mesma pontuação do Prouni.

Os alunos também podem
aproveitar o
Pronatec para formações
técnicas em cursos gratuitos. E caso, o estudante não consiga nota suficiente
no exame ou por algum motivo, não consiga fazer o Enem esse ano, eles podem
contar com a ajuda de bolsas de estudos, que são oferecidas por programas
educacionais como o
Educa MaisBrasil. Para graduação, o programa
oferece até 70% de desconto nas mensalidades.

Os estudantes que irão
participar da prova precisam estar cientes do que pode eliminar um aluno, além
dos documentos válidos para apresentar no local de aplicação e das regras de
uso da nota após a divulgação dos gabaritos. Você já esclareceu todas as suas
dúvidas? Se não, confira agora dez perguntas que podem ajudar você a tirar uma
nota mil.

1.  Quando vai ser a prova? Por que ela é aplicada
em dois domingos?
Nos dias 4 e 11 de novembro, pelo segundo ano
consecutivo, ela será aplicada em dois domingos. Até então, as provas
aconteciam em um único fim de semana, no sábado e no domingo.
A mudança ocorreu após uma consulta pública
feita pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio
Teixeira) no início do ano passado. Mais de 600 mil pessoas responderam às
perguntas do governo federal e 42% optaram por mudar a prova para dois
domingos.
2.    Como faço para saber qual será meu local de
prova?      
É preciso acessar o cartão de confirmação de
inscrição na Página do Participante (https://enem.inep.gov.br/participante),
com CPF e senha.
O cartão contém informações como número de
inscrição, endereço do local onde o aluno fará as provas, número da sala e
outros detalhes como a língua estrangeira escolhida pelo candidato – inglês ou
espanhol.
Antigamente, o MEC enviava estes cartões pelos
Correios mas, para economizar, optou somente pela versão digital.
3.    É possível mudar meu local de provas?
Não. O Inep já definiu toda a logística para
aplicação do exame a partir dos endereços distribuídos.
4.    Posso comparecer somente em um dos dias?
O edital não proíbe que um candidato faça
apenas um dos dias de provas. Entretanto, este aluno dificilmente vai atingir
pontuação necessária para conseguir vaga na faculdade ou ser beneficiado pelos
programas de acesso do governo federal.
5.    O que cai em cada um dos dias de provas?
No primeiro dia, são as provas de linguagens,
ciências humanas e redação. São cinco horas e trinta minutos de duração. No
segundo dia, é a vez de ciências da natureza, que compreende as disciplinas de
química, física e biologia, além de matemática. A prova deve ser respondida no
tempo máximo de cinco horas.
6.    São quantas questões?
Cada prova objetiva tem 45 questões. São,
portanto, 180 questões de múltipla escolha no total. A redação deve ter o mínimo
de sete e, no máximo, 30 linhas.
7.    É possível deixar a sala de prova a qualquer
momento?
Não. Nenhum candidato poderá deixar o local de
prova antes das duas primeiras horas, segundo o Inep. Caso seja um dos três
últimos participantes presentes na sala de provas, só poderá sair juntamente
com os outros dois candidatos, depois de assinar a ata de sala.
8.   Possuo alguma deficiência ou sou lactante,
tenho direito a algum atendimento especial?
Pessoas com algum tipo de deficiência, idosos,
gestantes e lactantes têm direito a atendimento especial. Entretanto, esta
solicitação deveria ser feita durante o período de inscrição. Agora não há mais
tempo hábil para este tipo de pedido. Segundo o Inep, os candidatos que
solicitaram algum atendimento especial e tiveram seus pedidos negados foram
informados por email ou via SMS.
9.   Com o Enem eu consigo a certificação do Ensino
Médio?
Não mais. Desde o ano passado, o Enem perdeu
essa função e a certificação do Ensino Médio voltou a ser feita por um exame
específico chamado Encceja.
10.  Quando saem os gabaritos? E os resultados?
Os gabaritos serão divulgados até o dia 14 de
novembro, segundo o Inep. Já os resultados, só em janeiro de 2019. Logo depois
das provas, cursinhos pré-vestibulares costumam fazer correções extraoficiais.
Por meio delas, o candidato pode ter uma ideia
de como foi na prova – mas só vale para tentar conter a ansiedade porque este
resultado não é oficial.
Fonte: Bárbara Maria – Ascom Educa Mais Brasil
*Esse artigo é um publieditorial

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: