Hoje é dia de comemoração para os fotógrafos

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Hoje é dia de comemoração para os fotógrafos

Celebra-se
hoje (08), o Dia do
Fotógrafo ou Dia
Nacional da Fotografia. Essa data foi escolhida porque marca a chegada da
primeira câmera fotográfica no Brasil, em 1840. Intitulada de daguerreótipo,
ela foi inventada por Louis Jacques MandéDaguérre e apresentada mundialmente no
dia de 19 de agosto de 1839, em Paris – data que se comemora o Dia Mundial da
Fotografia.

É
nítido que a fotografia se tornou uma das maiores invenções da era moderna. E,
mesmo diante de tantos avanços, no Brasil, a profissão não é regulamentada.
Porém, há tentativas de oficializar a atividade, criando cursos de
ensino superior
na área. Além disso, existem cursos focados em determinadas competências, como
por exemplo, o fotojornalismo.

Nesse
universo, ainda existem aqueles que tem a fotografia como paixão, mas não
exercem a profissão. Diversos artistas expõem suas fotos como arte, porém sem
assumirem a fotografia como profissão, com um olhar mais voltado para a
arte. Outras
pessoas têm a fotografia como um hobby e acabam buscando mais conhecimento e
aprimoramento.

A
história de Elvis de Vasconcelos Freitas começou bem parecida como a de
milhares de pessoas. Ele trabalha há cinco anos com fotografia, mas deu o
primeiro passo no mundo fotográfico ao comprar uma câmera bem simples e fazer
os primeiros registros. “Tudo começou como um hobby, mas isso cresceu tanto em
mim, que eu percebi que deveria fazer disso minha profissão”, contou.

Quando fala sobre o seu sentimento em relação à fotografia, o
estudante expressa muito amor. Para ele, essa arte é uma forma de revelar a
beleza. “Para muitos, a fotografia é terapia. Ela consegue elevar a autoestima
das pessoas. Muitas vezes, já me senti emocionado ao ver o brilho nos olhos das
pessoas que foram fotografadas e a emoção delas em ver o resultado das fotos
que tirei. Fotografia é mágica”, define.
O importante é não desanimar. Hoje, o fotógrafo
trabalha na maior parte do tempo por conta própria e o prazer de olhar e de
identificar formas e conteúdos conduzem os primeiros passos para a profissão. É
importante investir também em cursos, em qualquer nível, que favoreçam o
conhecimento técnico. E não se esquecer, fotografia é arte e, como toda
carreira na área artística, o retorno pessoal é, muitas vezes, maior que o
financeiro.
Ascom Educa Mais Brasil

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: