Ibaneis mais perto do Buriti, mostra pesquisa do Correio Braziliense

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Ibaneis mais perto do Buriti, mostra pesquisa do Correio Braziliense


[Correio Braziliense] Se
a eleição fosse nesta terça-feira (16/10), Ibaneis Rocha (MDB) venceria com
folga a disputa ao Palácio do Buriti. É o que indica pesquisa do Instituto
Opinião Política, encomendada pelo 
Correio Braziliense, que avalia o
cenário para o segundo turno da corrida ao Governo do Distrito Federal. O
emedebista, que saiu na frente em 7 de outubro, aparece com 75,3% dos votos
válidos. Candidato à reeleição, o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) tem
24,7%. Esses índices são calculados excluindo-se os votos brancos, nulos e
indecisos.

Significa
dizer que a cada quatro votos a candidatos na capital do país, três serão
destinados ao ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no DF.
Concluída uma semana depois da votação do primeiro turno, a sondagem mostrou
que apenas 2,8% dos eleitores, a essa altura, ainda não tomaram partido na
disputa. Esse percentual aparece na consulta estimulada, em que Ibaneis tem
67,4% e Rollemberg, 22,1%. Os votos brancos, nulos ou de nenhum candidato
somam 7,7%.

Ibaneis mais perto do Buriti, mostra pesquisa do Correio Braziliense


O eleitorado
de Ibaneis aparece consolidado na pesquisa espontânea, quando o entrevistador
pergunta a preferência do cidadão, sem exibir uma cartela com os nomes dos dois
candidatos. Nesse cenário, o emedebista aparece com 60,8%. O mesmo efeito
ocorre com Rollemberg, ou seja, o percentual dos que o apontam como o preferido
é semelhante ao registrado na sondagem estimulada: 19,4%. Outros 10,3% não
souberam avaliar e 9,4% não querem nenhum dos nomes ou vão de votos brancos ou
nulos.

Ibaneis mais perto do Buriti, mostra pesquisa do Correio Braziliense


Primeiro turno


Ibaneis Rocha começou a campanha com apenas 2% das intenções de votos e
venceu o primeiro turno, com 41,97% dos votos válidos. Rollemberg, por sua vez,
obteve 13,94%. Os dois deixaram para trás os adversários Rogério Rosso (PSD),
com 11,24%; General Paulo Chagas (PRP), com 6,99%; Eliana Pedrosa (Pros), com
6,99%; Alberto Fraga (DEM), com 5,88%; Fátima Sousa (PSol), com 4,35%;
Alexandre Guerra (Novo), com 4,19%; Júlio Miragaya (PT), com 4,01%; e Guillen
(PSTU), com 0,08%.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});


Esta é a primeira rodada de pesquisa no segundo turno. O levantamento
mostrou também o que se sente claramente nas ruas: a atenção para o pleito. A
sondagem mostrou que hoje, 53,9% dos eleitores estão muito interessados nas
eleições. Entre 10 e 13 de agosto, no início da campanha, quando o instituto
Opinião Política promoveu a primeira pesquisa encomendada pelo Correio,
o percentual de cidadãos que se diziam muito interessados era de 27,1%, ou
seja, metade do registrado agora. Apenas 11,7% afirmaram que não estão nem aí
para a disputa. Esse percentual chegava a 32,3%, na primeira pesquisa, o
correspondente a quase um terço da população.

Fonte: Correio Braziliense 
Imagem reprodução

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: