Metroviários fazem assembleia com indicativo de greve domingo (14)

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Os trabalhadores do Metrô têm assembleia-geral com indicativo de greve marcada para o próximo domingo (14/4). Caso a paralisação seja aprovada, 160 mil pessoas que utilizam o sistema diariamente podem ser prejudicadas. As informações são do Metrópoles.
A assembleia será realizada na Praça do Relógio, em Taguatinga, a partir das 20h30. O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários do Distrito Federal (Sindmetrô-DF) pretende discutir e deliberar, entre outros temas, o “descumprimento de cláusulas do acordo coletivo de trabalho, de decisões, acordos judiciais, além de sentenças normativas em relação à categoria”.
A diretora de Comunicação do Sindmetrô, Renata Campos, diz que os servidores estão há cinco anos sem reposição salarial e não recebem nada. Nem o que já foi garantido pela Justiça. “Vamos dar um basta ao descaso do Metrô-DF com os trabalhadores e a população. No último indicativo de greve, não aderimos ao movimento, fizemos um acordo com mediação do TRT [Tribunal Regional do Trabalho) e eles não cumpriram o combinado”, revela.
“Da forma como está, não dá para ficar. Eles sempre sacrificam a todos pelos mesmos motivos. Mudam-se os personagens, mas a história se repete”, acrescenta. Se aprovada a greve, será a primeira paralisação a ser enfrentada pelo governo Ibaneis Rocha (MDB), que acaba de completar 100 dias.
A Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) informou ao Metrópoles que está ciente da assembleia e aguarda o resultado.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: