Quais as profissões para quem gosta de fazer o bem ao próximo?

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram


Escolher
uma profissão diante da gigantesca
oferta de
cursos é um dilema vivido por muitos estudantes. No entanto, na hora da
escolha da carreira é preciso levar em consideração vários aspectos. Um deles é
o que gostamos de fazer. O que dará sentido à atuação profissional deve ter
peso prioritário no momento da decisão.

algumas profissões específicas que são voltadas ao bem-estar do próximo e à
promoção de melhorias, sejam elas físicas ou psicológicas. A escolha de algumas
destas carreiras vem acompanhada de um conflito entre cuidar da vida
profissional ou ajudar o próximo. Mas esses dois objetivos podem muito bem
andar juntos. Entre as profissões mais procuradas por quem gosta de ajudar o
próximo estão
Enfermagem, Fisioterapia, Nutrição, Psicologia, Assistente
Social
e atividades da área de Direito.
De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados
e Desempregados (CAGED) divulgados
no primeiro semestre de 2018, estas áreas, para quem trabalha com vínculo
empregatício, desconsiderando os profissionais liberais, podem registrar as
seguintes remunerações médias:  Enfermeiros o salário pode chegar a R$ 3.564,13,
os Fisioterapeutas R$ 2.257,85, os
profissionais de Nutrição R$
2.606,93, entre os Psicólogos a
remuneração pode chegar a R$ 2.623,87, os Assistentes
Sociais ganham, em média, R$ 2.623,27 e os profissionais da área de Direito a remuneração pode chegar a R$
5.377,71.
Foi com o intuito
de dar uma contribuição para tornar a vida de outras pessoas melhor que Andrew Casaes,
estudante do 4º semestre, decidiu cursar Fisioterapia.
“A vontade de ajudar o próximo foi essencial para escolher essa profissão. O
que o profissional de fisioterapia tem feito nos tempos atuais afim de buscar a
qualidade de vida da população é minha maior motivação”, comenta animado.
O graduando ainda
ressalta que seu maior incentivo na área é ver as pessoas reabilitadas e felizes
por serem inseridas novamente na sociedade. “É difícil ver pessoas, por alguma
patologia ou problema momentâneo de saúde, serem excluídas de suas atividades
diárias”, afirma Andrew.
Se
você quer conciliar a vida profissional ao desejo de ajudar o próximo, conheça
mais sobre as seis profissões onde é possível trabalhar se dedicando a outras
pessoas.

Enfermagem

O trabalho de um enfermeiro é cuidar das pessoas para manter e restabelecer sua saúde. A realização
da profissão no dia a dia é melhorar o estado físico de cada paciente, com procedimentos
de primeiros socorros, curativos, administração de medicamentos e cuidados em
geral. Para seguir esta profissão é preciso gostar de cuidar de pessoas e ter
um bom preparo emocional para lidar com situações de fragilidade e sofrimento.
Fisioterapia

O
fisioterapeuta trabalha na reabilitação de pacientes e na sua recuperação
devido a lesões ou problemas musculares. Com sua técnica, é possível restaurar
os movimentos e a capacidade física do paciente. Para quem deseja trabalhar
nesta área é preciso ser persistente consigo e com os pacientes. Muitas vezes,
são necessárias diversas sessões para alcançar os resultados desejados.
Nutrição

Os
profissionais de nutrição estudam sobre os alimentos e os efeitos que eles
provocam em nosso organismo. Assim é possível ensinar às pessoas sobre como
devem se alimentar de forma saudável e melhorar a qualidade de vida.
Você entende a importância de um estilo de
vida saudável? Gosta de ajudar as pessoas a cuidarem do bem-estar através de
uma dieta mais equilibrada? Esta pode ser uma ótima escolha de profissão.
Psicologia

A
profissão de psicólogo tem como objetivo ajudar pessoas a se conhecerem melhor
e assim identificar problemas que estejam afetando sua vida. O profissional é
capaz de diagnosticar e tratar distúrbios emocionais e fazer o paciente se
sentir melhor e ter mais confiança para enfrentar os seus problemas. Para quem
deseja seguir esta profissão será preciso ter uma boa estrutura emocional para
ouvir e acompanhar os conflitos pessoais de seus pacientes.

Assistente Social

O objetivo do trabalho do Assistente
Social é também integrar os indivíduos à sociedade e promover bem-estar
. Em defesa dos direitos humanos, este
profissional atua com intuito de garantir o acesso da população a políticas
sociais como:  educação, saúde, moradia,
entre outras questões. Esta é uma boa opção de carreira para quem busca ajudar
as pessoas a lutarem por seus direitos.

Profissionais da área de Direito

Os profissionais da área de Direito buscam defender os interesses de
seus clientes e assegurar que seus direitos sejam respeitados. Se você deseja
contribuir para a construção de uma sociedade mais justa, o curso de Direito
pode garantir uma carreira promissora e de muito amor ao próximo
.



*Esse artigo é um publieditorial

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: