UNB: Faculdade de Ceilândia ganhará Unidade de Ensino e Pesquisa

UNB: Faculdade de Ceilândia ganhará Unidade de Ensino e Pesquisa
Secretária de Infraestrutura da UnB, Helena Zanella dá detalhes sobre a obra. Foto: Raquel Aviani/Secom UnB

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Universidade de Brasília assinou, nesta quinta-feira (19), contrato para a construção da Unidade de Ensino e Pesquisa da Faculdade de Ceilândia (FCE). Além do edifício, que será entregue pronto para uso, o documento prevê a implantação de 75 vagas de estacionamento, incluindo dez para idosos e deficientes e espaço para motos.

Orçado em R$7,697 milhões, o prédio deve contar com dois pavimentos e cobertura, totalizando 2.227 metros quadrados. Serão abrigados laboratórios de ensino e salas de aula, além de sala para simulação e experimentação. A cobertura será reservada exclusivamente para as áreas técnicas. A previsão é que a obra seja concluída em 14 meses.

Durante a celebração do contrato, a reitora Márcia Abrahão oficializou a parceria com a construtora Vega, vencedora do processo licitatório. “Essa é uma obra que gostaríamos que já estivesse pronta. A comunidade de Ceilândia nos motiva a ir atrás disso”, pontuou. “Nossa comunidade interna está com muitas expectativas e sempre pergunta pelas obras”, acrescentou o vice-diretor da FCE, João Paulo Chieregato.

O projeto da obra é assinado pela equipe do Centro de Planejamento Oscar Niemeyer (Ceplan) da Secretaria de Infraestrutura (Infra), com colaboração da empresa R7 construções, e inclui área de carga e descarga para facilitar manejo de produtos e materiais para atividades de ensino, pesquisa e extensão, os três pilares da Universidade. “Será um grande presente de natal para a comunidade interna e externa, sem dúvida. A palavra que tenho a dizer é ‘obrigado’”, falou o diretor da FCE, Araken Rodrigues.

Sustentabilidade foi outra questão considerada no projeto, que utilizará a estrutura de concreto intervalado de blocos vazados para favorecer a infiltração da água da chuva nos jardins. ”Essa obra é fruto do amadurecimento da equipe da Infra. Fico muito feliz ao dizer que tivemos muito apoio das áreas administrativas. Temos compromisso com a execução porque sabemos da dificuldade para chegar até aqui”, explicou a secretária de Infraestrutura, Helena Zanella.

LEIA TAMBÉM -   Reforma da UBS 8 de Ceilândia está em fase de acabamento

Os padrões da norma ABNT NBR 9050, que trata da acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos, balizaram o desenvolvimento das estruturas que facilitarão o acesso ao prédio. Márcio Buzar, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), é o responsável pelo projeto de fundações. 

O engenheiro José Gonçalves, representante da Vega Engenharia, expressou o orgulho em executar a obra. “É uma universidade de grande prestígio e ficamos muito felizes pela escolha da empresa após o processo licitatório.” 

*Thaíse Torres repórter/Secom UnB 

Powered by Rock Convert

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: