Concurso de redação do Senac premia jovens aprendizes em Ceilândia

Concurso de redação do Senac premia jovens aprendizes em Ceilândia
Imagem reprodução

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

O Senac promoveu nesta semana a finalização do 1º Concurso de Redação do Programa de Aprendizagem da Unidade Educacional de Ceilândia, com a realização de cerimônias para entrega das premiações aos três primeiros classificados. O concurso e as premiações foram feitas de acordo com o turno e dia em que os cursos são realizados, totalizando quatro cerimônias de premiação. A abertura oficial da premiação ocorreu na terça-feira (25), com os alunos do turno matutino. Na tarde do mesmo dia, foram premiados mais três estudantes. Na quinta-feira (27) aconteceram mais duas cerimônias, uma pela manhã e outra à tarde.

O concurso teve início em maio e contou com a participação dos 150 alunos dos cursos Aprendizagem em Serviços de Supermercados, em Serviços Administrativos e Serviços de Vendas, que tiveram que desenvolver uma dissertação argumentativa, de no máximo 30 linhas, com o tema “A mãe no mercado de trabalho”. Os três primeiros classificados de cada turno ganharam medalhas e os primeiros colocados uma bolsa de estudo em um curso da instituição. “O concurso teve como objetivo valorizar e estimular a criatividade, o raciocínio, a leitura e o desenvolvimento da escrita obedecendo aos padrões cultos estabelecidos para a língua portuguesa”, explicou Celina Eurípedes de Faria, gerente do Senac em Ceilândia.

As redações que ficaram entre o 1º e o 10º lugar farão parte de uma coletânea e serão divulgadas em mural específico do Senac em Ceilândia. Os critérios de avaliação foram: pertinência temática e adequação à proposta apresentada no edital; coerência na argumentação apresentada; originalidade e criatividade; coesão; clareza e concisão na exposição textual; e correção gramatical. Os alunos tiveram uma aula com dicas de como escrever bem uma redação e foram acompanhados por uma professora de língua portuguesa.

Classificado em 1º lugar entre os alunos dos cursos do turno matutino de terça-feira, Moisés Wendell Rodrigues, de Aprendizagem Comercial em Serviços de Supermercados, ficou surpreso com a vitória. “Eu não esperava ganhar, foi uma surpresa total porque eu não me acho um bom escritor. Eu vou bem nas redações da escola mas não tanto quanto eu gostaria”, explica o estudante. “Achei o concurso bem interessante. O Senac nunca tinha realizado algo desse jeito. A escrita é importante para o mercado de trabalho porque muitas vezes para você conseguir uma vaga de emprego você tem que escrever uma carta, e se a pessoa não sabe como escrever, nem é selecionada para a entrevista. Em todas as áreas que você for atuar, tem que saber escrever direitinho”, afirmou Moisés.

Para Ana Luiza Naves, gerente de Produtos Educacionais do Senac-DF, a leitura e a escrita são de fundamental importância para a vida profissional. Participando da abertura oficial da premiação na terça-feira de manhã, ela falou aos jovens sobre os diferentes tipos de escrita, como as utilizadas em redes sociais, enfatizando aquela que é cobrada no mercado de trabalho. “Além da competência específica que vocês têm que ter para entrar no mercado de trabalho, adquirida por meio dos cursos, para ser um profissional de sucesso é necessário saber se comunicar, não só oralmente, mas na escrita também. Então um projeto desse é importante para que vocês desenvolvam a competência da escrita e leiam. A leitura ajuda a gente a ampliar o vocabulário, facilitando ainda mais a escrita”, afirmou.

Ledir Junior de Almeida, gerente do Senac em Taguatinga, ressaltou que o projeto do concurso de redação voltado aos jovens do Programa de Aprendizagem nasceu naquela unidade sob o olhar da Celina, então subgerente em Taguatinga. “Ela que alavancou esse projeto junto com a coordenação e é muito bacana que esteja agora na Ceilândia dando resultado. Ler e escrever é uma habilidade que no mundo do trabalho deve estar muito bem desenvolvida. A questão da escrita, da leitura, é muito importante”, concluiu Ledir.

Classificação:

Alunos do turno matutino de terça-feira:
1º – Moisés Wendell Rodrigues
2º – Saane Vieira Silva
3º – Ryan Fontenele Alves

Alunos do turno vespertino de terça-feira:
1º – Bruno Henrique Aires Mendes
2º – Ingred Issis Matos da Silva
3º – Karen Vitoria S. Dourado

Alunos do turno matutino de quinta-feira:
1º – Laura Cristina Rodrigues da Silva
2º – Wallacy Ariel Silva Costa
3º – Maycon Kauã Barbosa

Alunos do turno vespertino de quinta-feira:
1º – Kayara Souza Leite
2º – Ester Gabriele de Almeida
3º – Joyce Cristina Fernandes Bezerra

Por SENAC-DF

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: