Coronavírus: plataforma criada por pesquisadores da USP separa fatos de fake news

Moradores de 17 áreas vulneráveis serão testados para Covid-19or pesquisadores da USP separa fatos de fake news

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

As fake news são notícias falsas compartilhadas, normalmente, pelas redes sociais, que desinformam a população sobre um acontecimento. Nesse momento de preocupação constante e vigilância acerca do novo coronavírus, muitas dessas fake newsestão sendo divulgadas dificultando o acesso das pessoas à informação correta.

As notícias falsas sobre o coronavírus interferem no combate à Covid-19. Apesar dos esforços de jornalistas, médicos e cientistas para levarem conhecimento à sociedade, ainda há muita desinformação sobre o assunto. Por isso, pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) criaram uma plataforma chamada Covid Verificado, que tem como proposta principal fazer a checagem científica de informações relacionadas à doença causada pelo novo coronavírus.

Covid Verificado

Criado por estudantes do mestrado e doutorado do Departamento de Imunologia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP, o projeto Covid Verificado disponibiliza resposta sobre as principais perguntas a respeito do coronavírus. Além de um site, os pesquisadores também mantêm uma página no Instagram e no Facebook.

No site é possível conferir as principais atualizações sobre novas pesquisas e descobertas relacionadas à doença Covid-19. Os usuários também podem enviar suas perguntas diretamente para os pesquisadores. Com isso, busca-se facilitar a compreensão e aproximar a população de fatos verídicos acerca do vírus. 

Onde ter informações sobre o Coronavírus?

O Ministério da Saúde é o principal órgão no Brasil para passar informações verídicas sobre o Coronavírus. Em um site dedicado ao assunto, o órgão disponibiliza diferentes canais para que a população tenha informações corretas sobre o vírus.

Além do site e das redes sociais, o ministério possui um número de WhatsApp para que a população envie mensagens. Nele, não é possível tirar dúvidas mas, sim, receber e apurar informações sobre a Covid-19. O número é (61) 99289-4640.

LEIA TAMBÉM -   Após 10 servidores serem contaminados por coronavírus, UTI do Hospital de Ceilândia, passa por desinfecção

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: