De acordo com pesquisa, as redes sociais são responsáveis por 21% das vendas em 2018

De acordo com pesquisa, as redes sociais são responsáveis por 21% das vendas em 2018

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Uma pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) apontou que o faturamento de vendas do segmento e-commerce chegue a aproximadamente R$ 79,9 bilhões em 2019, revelando um crescimento de 16% em relação ao ano passado. E um fato bastante curioso é que 21% das vendas aconteceram através das redes sociais. O dado é da 4ª edição do NuvemCommerce Relatório Anual de comércio eletrônico 2018.

As redes sociais são consideradas uma forma “prática” de se comprar para muitos usuários. Afinal, é só clicar no produto desejado e logo o consumidor estará na página direcionada para compra. Além do mais, o cliente consegue ver melhor fotos do produto que pretende adquirir. Já para os empresários, enxergam as redes como um caminho para conquistar clientes já que o brasileiro fica cerca de 9 horas conectado por dia, de acordo com uma pesquisa da Hootsuite e We Are Social.

Empreendedor e formado em Publicidade e Propaganda, Marcelo Antonioli é especialista em marcas pessoais e dá dicas de como o pequeno ou grande empresário pode começar a investir nas redes sociais, “Primeiramente, é importante investir tempo, com aprendizado e aplicação. Pois independente da sua profissão, a pessoa precisa se vender. E estudo sempre é o primeiro passo, conhecer seu público e saber abordá-lo de maneira precisa”, afirma.

Além disso, Antonioli destaca que, além do tempo, é preciso fazer também um investimento financeiro. “É preciso gerar conteúdo de forma contínua para as redes socais e isso requer tempo. Paralelo a isso, o empreendedor deve gerar tráfego para que outras pessoas tenham acesso ao conteúdo, e isso requer gasto não só de tempo, mas também financeiro”, sinaliza. 

Marcelo ainda destaca um quesito importante das vendas nas redes sociais “O grande problema da maioria dos usuários empreendedores, é que ele não faz e acha que faz. E acaba colocando o insucesso na ferramenta”.

Hoje com uma conta com mais de 32 mil seguidores na página @marcelo.antonioli, o empreendedor vem ajudando outros a gerar conteúdo de qualidade nessa área de e-commerce e é uma aposta que vem fazendo bastante sucesso para muitos empresários que apostam no e-commerce. 

Vanessa Casaes – Agência Educa Mais Brasil

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: