DF Legal fecha mais de sete mil estabelecimentos

DF Legal endurece penas para comércios que insistem em continuar abertos

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Secretaria DF Legal já contabilizou mais de 7 mil estabelecimentos comerciais fechados compulsoriamente nas últimas semanas. Destes, cerca de 300 foram interditados e 25 multados. 

Na última sexta-feira (3), as feiras permanentes voltaram a funcionar. A permissão vale apenas para a comercialização exclusiva de gêneros alimentícios, de consumo humano ou animal. A secretaria fiscalizou todas as feiras e a maioria estava atuando na legalidade, tendo sido necessário o somente fechamento de poucas bancas que não se enquadram no decreto.

A atividade comercial que mais tem desobedecido o decreto do GDF é a de distribuidoras de bebidas. As cidades com mais autos de interdição são em Ceilândia, Guará e Riacho Fundo I. O DF Legal destacou 150 fiscais, entre auditores e inspetores, e 80 apoios operacionais nas ruas, contando com o apoio da Polícia Militar e das administrações regionais de cada cidade do DF. São 25 frentes de fiscalização, das 7h às 3h, todos os dias da semana.

Reclamações de comércios abertos irregularmente podem ser feitas pelo 162, opção 2, ou 190, que foi disponibilizado pela PM. Informações pelo 3961-5125/5126.

* Com informações da Secretaria DF Legal

LEIA TAMBÉM -   CEB lança programa com condições especiais para clientes quitarem dívidas

1 Comment

  • Avatar
    Lourdes , 7 de abril de 2020 @ 18:14

    Isso é uma covardia com o trabalhador. Pior governador de Brasília. Deveria ter um decreto para ser obrigatório o uso de máscaras.

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: