Dia do Contador: confira cinco outras áreas de atuação do profissional de contábeis

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Celebrada nesta terça, data marca criação da primeira graduação para a profissão

Agência Educa Mais Brasil

Neste dia (22), em 1945, o então presidente Getúlio Vargas assinava a liberação para a criação do curso de Ciências Contábeis, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Desde então, a data marca o dia de homenagear o profissional conhecido por cuidar das finanças de empresas e pessoas físicas: o contador. 

Atualmente, segundo o Conselho Federal de Contabilidade, o Brasil possui cerca de 318 mil contadores ativos. Já a graduação em Contábeis está entre as cinco mais procuradas do país, segundo dados do Ministério da Educação. 

Para Marcelo Lombardo, CEO e fundador da Omie, em entrevista à revista Forbes, os profissionais da área no momento passam por um processo de ressignificação de suas funções. “O papel do contador está se transformando de forma que ele vai passar a projetar o futuro de seus clientes em vez de só registrar o passado”, explica. Entre os desafios, está a adesão de ferramentas tecnológicas que melhorem a produtividade da profissão. 

Nesse sentido, seja exercendo o trabalho interno de organização financeira das empresas ou prestando trabalho de consultoria, é essencial que o contador esteja alinhado com as demandas tecnológicas para obter sucesso profissional, além de estar atento para outros caminhos de atuação para não ficar preso a apenas uma atividade. 

Abaixo, indicamos cinco outros segmentos para os profissionais de Ciências Contáveis investirem.

Ensino

Estando a graduação em Ciências Contábeis entre as mais procuradas no país, o profissional encontra nos cursos técnicos, livres ou profissionalizantes oportunidades de atuação. Caso queira, é importante se especializar em Pedagogia ou ensino. Já as Instituições de ensino superior costumam solicitar diploma de mestrado ou doutorado na área.

LEIA TAMBÉM -   Enem 2020: prazo para cadastrar foto é prorrogado até 8 de outubro

Auditoria 

No segmento de auditoria contábil, o contador irá trabalhar examinando os relatórios contábeis das instituições para garantir que elas estejam cumprindo com os princípios da contabilidade. Como auditor interno, o profissional atua para garantir que a empresa “ande na linha”, seguindo todas as regras. Já o auditor externo é chamado para fiscalizar se as finanças estão em situações mais específicas – como no processo de venda de uma empresa, por exemplo.

Perícia 

O perito contábil atua em processos judiciais fornecendo informações aos juízes para que eles tomem soluções mais justas. Pode ser semelhante ao trabalho exercido pelo auditor, mas possui diferenças. O auditor, por exemplo, exerce funções de interesse mais interno. Já o perito investiga questões para identificar se uma empresa é culpada ou inocente em um processo de acusação de sonegação.

Contabilidade gerencial

Atuando na contabilidade gerencial, o contador é o responsável por realizar estudos e dados internos que forneçam boas ideias que irão guiar a atuação dos gestores das empresas. Em quê e como investir, onde tomar cuidado ou quais os procedimentos que estão dando certo internamente. 

Exportação e importação

Lidar com exportação e importação significa estar por dentro de tudo que envolve impostos, taxações e todas as documentações necessárias para realizar essas ações. Tudo isso é algo que o profissional de Ciências Contábeis estuda ainda na faculdade. Então, que tal oferecer serviços do tipo para empresas ou pessoas físicas que atuam com produtos ou serviços nesse perfil?

Powered by Rock Convert

Veja mais:

LEIA TAMBÉM -   Inep divulga resultado da pesquisa Conceito Enade 2019

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: