Enem Digital: edição 2021 será aplicada com recursos de acessibilidade

Imagem: Divulgação.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Inscrições serão liberadas entre 30 de junho e 14 de julho

Agência Educa Mais Brasil

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciou novidades na aplicação da versão digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Diferente da edição passada, aplicada em versão piloto, no Enem Digital 2021 os recursos de acessibilidade foram incluídos na aplicação da prova. Nesta modalidade, exclusiva para que já concluiu o ensino médio ou concluirá ainda este ano, foram liberadas 101.100 vagas.

De acordo com o edital da prova, estão aptos a solicitar os recursos de acessibilidades participantes que se encaixam dentro dos seguintes perfis: pessoas com baixa visão, cegueira, visão monocular, deficiência física, deficiência auditiva, surdez, deficiência intelectual, surdocegueira, dislexia, deficit de atenção, transtorno do espectro autista, discalculia, gestantes, lactantes, idosos, além de pessoas com outra condição específica.

Também será permitido no Enem Digital 2021 a solicitação para que os inscritos utilizem recursos próprios para realizar a prova no computador, como máquina de escrever em braile, caneta de ponta grossa, óculos especiais, tábuas de apoio, multiplano e plano inclinado. Acompanhamento por cão-guia, medidor de glicose, bomba de insulina, além de aparelhos auditivos ou implantes cocleares também serão permitidos.

O período para solicitar o atendimento especializado na Página do Participante começa em 30 de junho e vai até 14 de julho, mesmas datas das inscrições do Enem 2021, tanto para a versão impressa quanto digital. As provas nas duas modalidades serão aplicadas nos dias 21 e 28 de novembro.

Pedidos de isenção

O Inep também já liberou o resultado para os pedidos de isenção da taxa de inscrição do Enem. Quem teve o pedido indeferido, mas não concorda com o resultado, tem entre os dias 14 e 18 de junho para entrar com recurso solicitando a revisão do pedido. Vale lembrar que os aprovados na isenção ainda não estão com a inscrição garantida, devendo realizar o procedimento na data programada pelo Inep.

Veja mais:

LEIA TAMBÉM -   Educação e cultura digital são pautas de evento on-line

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: