Facção Brasiliense está proibida de participar de evento futebolístico

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Diante dos atos de violência ocorridos no último domingo, 23 de junho, na partida entre Brasiliense X Vitória do Espírito Santo, pela série D, no Estádio Serejão, em Taguatinga, o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), por meio da Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão (PDDC), manteve a recomendação que proibia a participação de representantes da Torcida Facção Brasiliense nos estádios do Distrito Federal. O documentoé de janeiro de 2019.

Em abril, a Facção Brasiliense apresentou ao MPDFT o cadastro de 183 integrantes, conforme determina o Estatuto do Torcedor, e obteve a autorização para participar dos jogos. Entretanto, com as últimas notícias de violência e vandalismo, o Ministério Público notificou os representantes da torcida organizada sobre a manutenção do documento que proíbe a participação do grupo em eventos futebolísticos nos estádios do DF. A decisão foi tomada na última terça-feira, 25 de junho, em reunião da Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios do MPDFT, composta pelo procurador distrital dos Direitos do Cidadão, Eduardo Sabo, e pelos promotores de Justiça Paulo Binicheski e Bruno Vergini.

O Ministério Público recebeu informações de que na saída do estádio, por volta das 20h, integrantes da Facção Brasiliense arrombaram os portões do Serejão e tiveram acesso à área das tribunas de imprensa. No local, o grupo arremessou pedras, paus e blocos de gelo contra jornalistas, diretores de clubes e familiares de jogadores. Um repórter cinematográfico da TV Globo ficou ferido.

A Comissão também solicitou relatório circunstanciado sobre o fato à Polícia Militar do DF e pediu à Rede Globo de Televisão a cópia integral das filmagens realizadas no local do evento. O objetivo é a identificação dos autores e a adoção de medidas preventivas para que os episódios de violência não se repitam.

Com informações do MPDFT

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: