Famílias carentes de Ceilândia recebem cestas emergenciais

Famílias carentes de Ceilândia recebem cestas emergenciais

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Para ajudar quem mais precisa em tempos de pandemia, a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) iniciou um mutirão da solidariedade. Desde sexta-feira (17), cerca de 12 mil cestas já foram entregues a moradores de diversas regiões do Distrito Federal, que estão cadastrados ou fizeram pedido no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).

Intitulada Programa de Provimento Alimentar Emergencial, a iniciativa tem o objetivo de atender à necessidade provisória até o reenquadramento social da família. O GDF vai prover famílias com situação comprovada de indisponibilidade, acesso precário a alimentos de qualidade ou que disponham de quantidade insuficiente para a subsistência durante o período de isolamento em virtude da pandemia do novo coronavírus.

A chefe de família Maria Lurdes, de 39 anos, foi uma das contempladas com a cesta básica. Moradora do Setor O, ela conta que está desempregada há mais de um ano e que a ajuda chegou em boa hora. “ Sou diarista e não tenho carteira assinada. Por causa do vírus, não estou mais fazendo as faxinas e sem dinheiro como compro alimentos! Dou graças a Deus que o Governo está atento as pessoas que mais precisam”, diz agradecida.

Para o administrador de Ceilândia, Marcelo Piauí, a ação vai beneficiar quem mais precisa de ajuda neste momento tão delicado, principalmente as famílias mais carentes de Ceilândia.

“Disponibilizamos diversas equipes da Administração para fazer a entrega das cestas na residência das famílias. “Estamos monitorando e fazendo um cadastro para quem está fora do cadastro dos Cras e Creas da cidade. Queremos contemplar quem mais precisa de alimentos!”, enfatiza Marcelo Piauí.

A operação tem apoio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), por meio do Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF) e polícias Militar e Civil, bem como das secretarias de Cultura e Economia Criativa (Secec), das Cidades (Secid), de Educação (SEE), de Governo, da Casa Civil e Administrações Regionais.  

LEIA TAMBÉM -   Com resultado do Enem estudantes podem usar Simulador de Notas do Sisu; entenda

*Com informações da Ascom Administração de Ceilândia

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: