Fogos de artifício com estampido estão proibidos no DF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Lei de autoria do deputado Reginaldo Sardinha (Avante) vai proteger animais e pessoas mais sensíveis a explosões

A Lei 6.647/20, que proíbe, no Distrito Federal, a utilização de qualquer artefato pirotécnico ou fogos de artifício que produzam estampidos, foi publicada nesta quarta-feira (26) no DODF. Segundo o autor da iniciativa, Reginaldo Sardinha (Avante), a proibição, que não engloba “shows de luzes” com “estampidos de baixa intensidade”, visa a proteção de animais e de pessoas mais sensíveis às explosões. “Muitas vezes esses barulhos refletem pontualmente em autistas, portadores de síndrome de Down, enfermos; e em animais que chegam a perder a audição e a vida como reflexo desses sons”, explicou o distrital.

O descumprimento da determinação, que inclui “recintos fechados e abertos, áreas públicas e locais privados”, resultará em multa de R$ 2,5 mil, valor que pode dobrar em caso de reincidência. A partir da publicação, o GDF terá 60 dias para regulamentar a lei, que entrará em vigor em 180 dias.

O projeto, apresentado em 2019, havia sido vetado pelo governador Ibaneis Rocha. A Câmara Legislativa derrubou o veto no início de agosto.

* CLDF com Informações da assessoria de imprensa do deputado Sardinha

Powered by Rock Convert
LEIA TAMBÉM -   Projeto aumenta rigor contra proprietários de terrenos abandonados no DF

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: