Interessados em elaborar itens para o Revalida podem se inscrever até dia 14

Foto: Divulgação.

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Professores da educação superior dos cursos de Medicina são público-alvo

Agência Educa Mais Brasil

Candidatos interessados em elaborar e revisar itens para o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) têm até as 23h59 do dia 14 de fevereiro para se inscrever no processo seletivo.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o processo seletivo é voltado à elaboração e à revisão dos itens que abordam conteúdos referentes à Medicina para compor o Banco Nacional de Itens (BNI).

Nesse sentido, podem se candidatar professores de instituições de educação superior em exercício nos cursos de graduação da área. A inscrição deve ser feita pelo Sistema BNI. No momento da inscrição, os candidatos devem especificar para qual área está se inscrevendo (clínica médica, cirurgia geral, pediatria, ginecologia e obstetrícia, medicina de família e comunidade/saúde coletiva).

Dentre os requisitos básicos estão: ter diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior registrado por instituição de ensino credenciada pelo poder público competente, exercer ou ter exercido atividade docente nos últimos 24 meses, no curso de graduação em Medicina, além de possuir disponibilidade para as atividades desenvolvidas no âmbito do BNI, conforme funções e datas previstas no edital.

Os inscritos que não comprovarem as informações declaradas terão a inscrição cancelada e não poderão participar de qualquer processo de seleção ou de outras chamadas públicas do Inep pelo período de dois anos.

Revalida 

Aplicado pelo Inep desde 2011, o Revalida busca regularizar, no Brasil, o diploma de graduação em Medicina expedido no exterior. As referências do exame são os atendimentos no contexto de atenção primária, ambulatorial, hospitalar, de urgência, de emergência e comunitária, com base na Diretriz Curricular Nacional do Curso de Medicina, nas normativas associadas e na legislação profissional.

LEIA TAMBÉM -   Prouni 2021.1: inscrições para lista de espera começam hoje (01)

O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e às necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS). A revalidação do diploma é atribuição das universidades públicas que aderirem ao instrumento unificado de avaliação representado pelo Revalida.

* Com informações do MEC

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: