Justiça Federal impede reabertura de comércio no DF

Justiça Federal impede reabertura de comércio no DF

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Justiça Federal suspendeu a reabertura do comércio no Distrito Federal, prevista para o dia 11 de maio, após decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB). A medida determina visita de uma comissão do Poder Judiciário à sala de situação – que monitora os casos do novo coronavírus, no Palácio do Buriti – nesta quinta-feira (7), para então reavaliar a proibição. As informações são do site G1-DF.

Segundo o G1-DF, a decisão é assinada pela juíza Kátia Balbino de Carvalho, da 3ª Vara Federal Cível, e atende a uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal, Ministério Público do Distrito Federal e Ministério Público do Trabalho.

G1 entrou em contato com o Governo do DF, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

A determinação é de “suspender qualquer ampliação do funcionamento de outras atividades que se encontram suspensas até novo pronunciamento” da Justiça Federal.

Além de proibir novas flexibilizações no comércio, o pedido atendido pela Justiça exige mais transparência nos dados de estrutura da rede pública de saúde, como contratos de ampliação da capacidade de atendimento e número de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs).

*Com informações do G1-DF

LEIA TAMBÉM -   Inscrições da Olimpíada de Astronomia e Astronáutica tem data prorrogada novamente

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: