Meio milhão de estudantes farão o Enem 2020 como treineiro

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Notas de treineiros não poderão ser utilizadas para acesso à educação superior

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta quarta-feira (26), o número de treineiros que farão as provas impressas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. Nesta edição, 592.959 estudantes que cursam a 1ª ou a 2ª série do ensino médio se inscreveram.

De acordo com o edital, o candidato “treineiro” estará submetido às mesmas regras que os demais participantes, mas só saberão suas notas 60 dias após a divulgação dos resultados dos outros participantes do exame.

O participante que se inscreve como “treineiro” visa somente à autoavaliação. Assim, não poderá utilizar os resultados para acesso à educação superior nem acessar programas governamentais de financiamento ou apoio ao estudante de ensino superior como Sisu

A versão impressa do Enem 2020 possui 5.687.271 inscritos. As provas serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 (versão impressa) e nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021 (versão digital). Nesta edição, o Enem Digital não estará disponível para “treineiros”. 

Enem

Realizado anualmente pelo Instituto Nacional do Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) desde 1998, o Exame Nacional do Ensino Médio avalia o desempenho escolar ao final da educação básica.

A estrutura do exame conta com uma redação e 45 questões em cada prova das quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias.

*Com informações do MEC

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Veja mais:

LEIA TAMBÉM -   MEC ajusta sistema de notas de corte do Sisu 2021.1; entenda como funciona

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: