MPDFT denuncia por homicídio doloso autora de atropelamento em Ceilândia

MPDFT denuncia por homicídio doloso autora de atropelamento em Ceilândia

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A 5ª Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Ceilândia denunciou, nesta quarta-feira, 1º de abril, a motorista Luzia Ferreira de Assis pela morte do ciclista Jailson Barbosa de Oliveira. O crime ocorreu em janeiro e ficou constatado que a autora tinha consumido álcool e cocaína na data do crime. 

O Ministério Público requereu à Justiça que a acusada responda perante o Tribunal do Júri por homicídio doloso e embriaguez ao volante. Também pediu a fixação de valor mínimo para a reparação dos danos decorrentes da morte da vítima. 

O crime

O crime ocorreu na madrugada de 25 de janeiro na DF-459, via que liga a Cidade Estrutural a Ceilândia. Luzia Ferreira, mesmo sem habilitação e sob influência de álcool e cocaína, trafegava de carro quando  perdeu o controle e atingiu de frente o ciclista Jailson Barbosa, 34 anos. A vítima faleceu dois dias depois do crime, em decorrência de politraumatismo ocasionado pelo atropelamento.

Processo  2020.03.1.000959-0

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: