MPDFT emite alerta sobre os riscos do uso de carregadores públicos de smartphones

MPDFT emite alerta sobre os riscos do uso de carregadores públicos de smartphones

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Unidade Especial de Proteção de Dados e Inteligência Artificial (Espec) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) emitiu alerta à sociedade nesta sexta-feira, 7 de fevereiro, recomendando aos proprietários de smartphones e tablets que não utilizem carregadores USB oferecidos por estabelecimentos comerciais ou totens de recarga localizados em aeroportos, portos, rodoviárias e estações ferroviárias e metroviárias no Brasil ou no exterior.

De acordo com a Espec, criminosos podem aproveitar as falhas de segurança que existem nestes terminais públicos de recarga para instalar programas maliciosos (malware/vírus) nos dispositivos das vítimas com o intuito de roubar informações pessoais e bancárias dos cidadãos. A técnica é mundialmente conhecida como juice jacking.

No documento, a Unidade também alerta sobre os riscos à privacidade, pois em muitos casos, os invasores utilizam das informações, fotos, vídeos ou qualquer outro documento obtido por meio da invasão para chantagear e extorquir as vítimas.

No alerta, o MPDFT recomenda que os cidadãos devem optar sempre pelo carregamento convencional, conectado diretamente na rede elétrica ou baterias portáteis de recarga. Na falta das duas opções anteriores, o usuário deve desligar o aparelho para evitar tráfego de dados durante a recarga em terminais públicos que usam a porta USB.

Confira aqui íntegra do documento.

*Com informações do MPDFT

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: