Passageiros do Metrô podem usar guarda-chuvas esquecidos nos trens

Passageiros do Metrô podem usar guarda-chuvas esquecidos nos trens

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) deu início, nesta terça-feira (21), à campanha Guarda-Chuva Compartilhado para permitir que, no período das chuvas no DF, seja feito o empréstimo dos objetos aos usuários para que possam utilizá-los no período de chuva. Os guarda-chuvas foram esquecidos no sistema metroviário e levados para o Posto Achados e Perdidos, que funciona na Estação Galeria, com período de permanência e guarda já expirado.

A ideia foi concebida pela agente de estação Maria de Lourdes Galvão, já aposentada, e que foi chefe do Setor por mais de 18 anos. Guarda-chuvas são um dos itens mais esquecidos nas estações e trens do Metrô, e a funcionária os via amontoados e sem destinação nas prateleiras do Achados e Perdidos. A ideia é que, após o uso do guarda-chuva, ele seja devolvido às estações para que outros usuários possam utilizá-lo.

Aproximadamente 300 guarda-chuvas são esquecidos por ano no sistema. A grande maioria em bom estado de conservação. Serão colocados recipientes com guarda-chuvas em três pontos de retirada: Estação Central (Rodoviária do Plano Piloto), Estação Shopping e Estação Galeria. A campanha vai até o dia 20 de março.

Powered by Rock Convert
LEIA TAMBÉM -   Secretário de Saúde do DF é alvo de operação sobre testes da covid-19

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: