Professora e PM batem boca na frente de alunos em escola militarizada de Ceilândia, diz G1

Compartilhe essa matéria

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Uma discussão entre uma professora e um policial militar acabou em denúncia no Centro Educacional 7 de Ceilândia, nesta terça-feira (12). O caso foi levado à Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa do DF. As informações são do site G1-DF.

Desde fevereiro, a escola é uma das que adotaram a gestão compartilhada entre a Secretaria de Educação e a Polícia Militar

Segundo testemunhas, um dos PMs que atua na unidade entrou na sala onde a professora dava aula e começou a entregar advertências para alguns estudantes. A professora reclamou e mandou o militar sair, mas ele não atendeu. 

Veja parte do diálogo:

Professora: Eu falei para ele que a turma é minha, a sala é minha enquanto eu estiver aqui dentro. Ele está sorrindo, fazendo chacotas, sendo irônico. Então, por favor…e pedi para ele sair da sala. 

PM: Não, a senhora mandou eu sair da sala.

Professora: Sim, eu mandei você sair da sala.

PM: A senhora não tem autoridade para mandar eu sair da sala.

Acionada pelo G1, a Secretaria de Educação do DF informou que, “em relação aos acontecimentos ocorridos nesta segunda-feira (12), no CED 7 de Ceilândia, irá apurar os fatos para então se manifestar”.

Já a Polícia Militar disse que “todas as partes serão ouvidas e os fatos serão analisados pela corporação para esclarecer o ocorrido no Centro Educacional 07”. Matéria completa do G1-DF aqui.

1 Comment

  • Avatar
    Sue , 13 de novembro de 2019 @ 07:34

    Nossa que besteira por parte da professora “minha sala “

Deixe uma resposta

Veja Também:

Últimas Postagens

Siga-nos nos Facebook

%d blogueiros gostam disto: